Cidadeverde.com
Esporte

Cruzeiro inicia maratona decisiva contra seis rivais diretos ao acesso

Imprimir

O Cruzeiro abre nesta terça-feira (15), em confronto com o CSA às 21h30 (de Brasília), no Independência, uma maratona de seis decisões contra rivais diretos por uma vaga na Série A do Campeonato Brasileiro.

O clube terá uma sequência de cinco confrontos contra adversários que estão, todos eles, na parte de cima da tabela: Avaí, Ponte Preta, Cuiabá e Sampaio Corrêa, além do time alagoano que abre a série. 

O sexto duelo acontecerá contra o Juventude -ainda em data a ser definida pela CBF-, também da primeira página da classificação, mas depois do jogo com o Oeste, marcado para 13 de janeiro.

Em 11º lugar e com 38 pontos, a sete de distância para o G-4, o técnico Luiz Felipe Scolari mantém o discurso de que a realidade da equipe celeste ainda é lutar contra o rebaixamento. Porém, um bom desempenho nos próximos 30 dias deixará o Cruzeiro com chance grande de acesso.

"Quando conseguirmos atingir 43, 44 pontos, podemos pensar assim. Mas não atingimos. Temos 38. Faltam, no mínimo, de cinco a seis pontos. O que podemos pensar? Que estamos trabalhando para isso. Fizemos 25 pontos em 36 jogados. É difícil uma equipe fazer isso", disse o treinador.

Felipão tem sido um trunfo do Cruzeiro. Desde que o treinador chegou já são sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, o que representa aproveitamento de 69,44%. O grande ponto a ser superado e melhorado é o desempenho dentro de seus domínios.

A equipe mineira tem apenas a 15ª campanha entre os 20 clubes da Série B quando o assunto aponta partidas em casa. São 19 pontos conquistados em 14 jogos (somou apenas 45,23% dos pontos disputados).

Com 10,7% de chances matemáticas de garantir o retorno à elite do futebol brasileiro de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, o Cruzeiro terá dois jogos em casa e três fora nos próximos compromissos.

"Temos que focar no jogo em casa, que a nossa obrigação é vencer", ressaltou o meia Giovanni Piccolomo, que fez sua estreia pela equipe celeste no triunfo por 1 a 0 em cima do Vitória na última rodada, no Barradão.

"A gente fica feliz com os resultados que estamos desempenhando fora de casa. A gente perde muitos pontos em casa, temos que focar mais. Vamos para o Independência para manter a mesma pegada que temos fora de casa.

A gente sabe que não vale de nada ter o resultado positivo fora de casa se perdemos em casa", emendou o zagueiro Ramon.

GUILHERME PIU
BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir