Cidadeverde.com
Esporte

Após 9 anos, 4 de Julho volta às finais do Campeonato Piauiense

Imprimir

Foto: Instagram @4dejulho.e.c.

Frenética desde o apito inicial, Altos e 4 de Julho fizeram uma partida digna de decisão de vaga para a final do Campeonato Piauiense, na tarde desta quarta-feira (16), no Estádio Felipão.

Com dois gols do atacante Klenisson, o Jacaré até conseguiu vencer o Colorado, mas não foi suficiente para tirar a classificação da equipe de Piripiri, que enfrenta o Picos, já no próximo sábado (19), na Arena Itacoatiara, no primeiro confronto da decisão do estadual 2020. 

Após o jogo, durante live transmitida nas redes sociais do 4 de Julho, o capitão Gilmar Bahia, reafirmou ao grupo a importância da classificação. “Independente dos dois gols que tomamos, nós estamos na final. Isso é o que importa. Os caros têm que respeitar nosso time”, comemorou.

A partida de volta está marcada para terça-feira (22), no Estádio Helvídio Nunes, em Picos, quando saberemos, quem será o campeão piauiense 2020.

O JOGO
O Altos iniciou a partida “ligado nos 220”. Precisando de quatro gols para ir às finais do Campeonato Estadual, o Jacaré logo se lançou ao ataque e aos três minutos de jogo Klenisson recebeu passe dentro da área e bateu à queima roupa, mas o goleiro Jailson fez grande defesa.

O atual vice-campeão piauiense continuou pressionando a equipe do 4 de Julho, que se apoiava em sua forte linha defensiva e tentava puxar contra-ataques na velocidade de Ted Love. 

Aos 24 minutos, outra grande oportunidade para o Altos. Manoel recebe cruzamento da esquerda e escora para Fabinho bater da entrada da área. A bola desvia na zaga do 4 de Julho e sai em escanteio.

A tônica do primeiro tempo continuou a mesma,com a equipe da casa tentando acelerar o ritmo, mas parando na boa marcação da equipe de Piripiri, que esperava um erro da adversário para se lançar ao ataque. 

Na volta do intervalo, o Técnico Fernando Tonet promoveu a entrada de Gean, no lugar de Guilherme, na tentativa de pressionar ainda mais os visitantes. A estratégia parecia não dar certo, com o Altos insistindo em lançamentos longos e cruzamentos na área adversária, sempre vencidos pela defesa.

Aos 26 minutos, porém, o Jacaré conseguiria furar a muralha colorada. Manoel fez boa jogada pela esquerda e serviu Klenisson, que dá entrada da área colocou com categoria no canto esquerdo do goleiro Jailson, que não esboçou reação. 1x0 Jacaré.

Cinco minutos depois, o próprio Klenisson recebeu lançamento, limpou o zagueiro e bateu forte para ampliar o placar. 

Com a atmosfera toda a seu favor, a equipe de Fernando Tonet foi com tudo para cima do 4 de Julho, e aos 37 minutos do segundo tempo, Klenisson (sempre ele) foi derrubado pelo goleiro Jailson e sofreu pênalti. Na batida, Betinho chutou forte, no canto esquerdo, mas a meia altura, para a redenção do goleiro colorado. 

O pênalti perdido caiu como um balde de água fria no time da casa, que se esforçou até o minuto final, mas não conseguiu a classificação. Final de jogo, Altos, dois, 4 de Julho, zero.

O Jacaré volta sua atenção agora para a partida contra o Salgueiro, válida pelas oitavas de final do Brasileirão Série D. Com a não classificação no piauiense, resta a equipe decidir uma vaga na pré-Copa do Nordeste, contra o Globo-RN. 

Além da vaga nas finais, com a classificação, o 4 de Julho garante presença na Série D e Copa do Brasil do próximo ano. 

Pablo Cavalcante

[email protected]

Tags:
Imprimir