Cidadeverde.com
Esporte

Vaga na Copa do Nordeste reforça cofres do Altos para 2021

Imprimir

 

 

A temporada 2021 começa a se desenhar para o Altos. Nesta quarta-feira (30), a Manga Mecânica jogou com o regulamento debaixo do braço e conseguiu frear o ímpeto do Globo-RN, na segunda partida válida pela pré-Copa do Nordeste.  Como havia vencido o primeiro confronto, em casa, por 2x0, a derrota pelo placar mínimo, em Ceará Mirim (RN), foi suficiente para o time de Fernando Tonet garantir vaga na edição 2021 da Copa do Nordeste e assegurar a chegada de um importante aporte financeiro. 

Se pela Série D os dois próximos confrontos contra o Marcílio Dias podem garantir um acesso inédito para a terceira divisão do futebol nacional, elevando de patamar a agremiação criada há apenas sete anos, a vaga para a fase de grupos da Copa do Nordeste 2021, por sua vez, é de fundamental importância para a manutenção do projeto do Jacaré para a próxima temporada. 

Fora da Copa do Brasil e, por conseqüência, sem direito à cota de participação estabelecida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para os representantes do Piauí na competição nacional, o Nordestão se torna essencial para a sobrevivência financeira do clube, uma vez que um possível acesso para a Série C não se converterá em mais dinheiro para o clube.

A nível de comparação, em 2020, o River recebeu R$ 775 como cota de  participação na competição regional. Os valores estipulados para a edição 2021 ainda não foram anunciados, mas a expectativas dos dirigentes é de que a quantia referente ao repasse não retroceda. 

Piauí volta a ter dois representantes no Nordestão

Após ficar pelo caminho ainda na fase de classificação para o torneio, em 2019, o Altos volta a disputar a fase de grupos da Copa do Nordeste. Será a quarta participação do clube na competição. Em 2017, 2018 e 2019, o Jacaré não conseguiu passar da fase grupos. 

Quem debuta no maior torneio do Nordeste é o campeão piauiense, 4 de Julho, que garantiu a vaga após se consagrar campeão estadual. Desta forma, o Piauí volta a ter dois representantes no torneio, fato que não acontecia desde 2017.

O Colorado de Piripiri estreia na competição em 2021 (Foto: Instagram @4dejulho.e.c)

Pablo Cavalcante
[email protected]

Imprimir