Cidadeverde.com
Entretenimento

Fã processa Anitta e Netflix após virar piada por aparecer em 'Made in Honorio'

Imprimir

Foto:reprodução

Anitta e fã no documentário

Uma fã de Anitta está processando a cantora e a Netflix por afirmar não ter dado autorização para que a sua imagem fosse usada no documentário "Anitta - Made in Honorio". Na ação, Maria Ilza de Azevedo diz que vem sendo alvo de "diversas chacotas" pela forma como é apresentada na produção.

A mulher aparece no quinto episódio e, segundo mostrado na série, ela teria invadido a casa da cantora. No processo, porém, Maria Ilza diz que a sua entrada no imóvel foi devidamente autorizada.

Segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, os advogados afirmam ainda que ela estava internada na UTI de um hospital após contrair o novo coronavírus, e que soube de sua participação no documentário após receber ligações de parentes e vizinhos que, em sua maioria, zombavam de sua aparição no vídeo.

O processo está em trâmite na 2ª Vara Cível de Macaé. Nesta quarta (13), o desembargador Paulo Sérgio Prestes indeferiu o pedido de Maria Ilza para retirada imediata do quinto episódio da plataforma de streaming.

Por meio de nota, os advogados de Anitta informam que a cantora ainda não foi notificada pela justiça sobre o caso. "Reforçam que a ideia da série documental é mostrar a realidade da vida de Anitta, sem manipular a veracidade dos fatos e com a expressa autorização de todos os envolvidos", diz.

Procurada, a Netflix não se manifestou até a conclusão deste texto.


Fonte:Folhapress

Imprimir