Cidadeverde.com
Esporte

De olho em Tóquio e recuperada da Covid-19, Adriana inicia pré-temporada no Corinthians

Imprimir

Após fechar 2020 com as conquistas do bicampeonato paulista e do título brasileiro, a atacante piauiense Adriana (24) já treina com a equipe de futebol feminino do Corinthians, de olho na temporada 2021. 

Recuperada após um diagnóstico de Covid-19 e de contrato renovado, a “Maga” se reapresentou com objetivos que vão além fronteiras.

O palco do primeiro grande desafio já está definido. Às margens do Rio da Prata, A Libertadores 2020, adiada devido a pandemia do novo coronavírus, será realizada entre os dias 05 e 21 de março e tem na equipe paulista sua atual campeã.  

“A expectativa para a temporada é a melhor possível, queremos fazer mais um grande ano. Será uma temporada difícil para a gente, nós teremos duas Libertadores, Brasileiro, Paulista e temos que defender nossos títulos, será uma temporada muito desafiadora e tenho certeza que de muitas conquistas também”, explica Adrianna.   

 

 

A atacante sabe que um bom desempenho na competição continental pode assegurar uma vaga no grupo que deve disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho deste ano. “A expectativa é muito grande para conseguir uma vaga na seleção e disputar as Olimpíadas. Tenho certeza que fazendo um grande ano no Corinthians as oportunidades vão aparecer. Estou muito motivada para esta temporada”.

Adriana estava convocada, pela técnica Pia Sundhage, para período de treinamento da Seleção Brasileira, em preparação aos jogos de Tóquio 2021, antes de ser diagnística com Covid-19, no ínicio do ano. A Maga coleciona nove convocações para seleção e um gol marcado. 

O Corinthians se reapresentou na última quinta-feira (14). A pré-temporada deve seguir até a estréia na Libertadores. Outras duas equipes disputam o título sul-americano: Ferroviária, campeã brasileira em 2019, e Avaí/Kindermann, terceira colocada no Brasileirão daquele ano.

Foto: Instagram @adrianasilvaoficial_016

Além da Libertadores, a equipe também defende o título da principal competição disputado em solo nacional, O Brasileiro Feminino A-1. O torneio tem início previsto para 28 de março, com a grande final agendada para 26 de setembro.  

Pablo Cavalcante 
[email protected]

Imprimir