Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Cinco piauienses já receberam a 2ª dose e estão imunizados da Covid

Imprimir

Pelo menos cinco piauienses já receberam a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19. A informação consta na última atualização do vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde, que mostra que os municípios de Elesbão Veloso e Simões foram os primeiros a registrar  a aplicação da segunda dose do imunizante no Piauí. 

Elesbão Veloso, município localizado a 144 km da capital, já aplicou a segunda dose da vacina em quatro pessoas. O município recebeu ao todo 384 doses e aplicou um total de 254, tendo um saldo de ainda 130 doses. 

Já o município de Simões, no sul do Estado, aplicou em uma pessoa segunda dose da vacina contra a covid-19. O município recebeu ao todo 281 doses e aplicou 222 até o momento, com um saldo atual de 59 doses. 

A campanha de vacinação no Piauí teve início no último dia 18 de janeiro. Até o momento, foram distribuídas 74.642 doses e 51.645 aplicadas. 

Registro 

Alguns municípios do Piauí ainda não alimentaram o sistema de registro de vacinas, o que deve ser feito assim que cada dose é aplicada. Para a vice-presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Piauí, Leopoldina Cipriano, dificuldades estruturais podem explicar o atraso da notificação em alguns locais. 

“Na verdade, alguns municípios têm dificuldade, em virtude de internet, ou até mesmo de pessoal, para colocar essas informações no sistema. As informações são anotadas e tão logo que é possível são colocadas no sistema", destacou Leopoldina. 

Para minimizar as dificuldades de registro, os secretários municipais de saúde e  servidores que atuam nas pastas estão passando por uma capacitação com orientações sobre a necessidade de alimentar o sistema de registro de doses da vacina contra a covid-19. 

A vice-presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Piauí, Leopoldina Cipriano, também destaca que, apesar das dificuldades, os municípios, têm conseguido seguir as determinações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde durante a campanha de vacinação.

"Os municípios estão sendo muito prudentes na aplicação de vacinas. Tivemos a orientação, pelo plano operativo nacional e estadual, que a principio deveríamos estar vacinando aquelas pessoas que estão em linha de frente. Agora que já vacinamos todos os grupos prioritários, estamos estendendo o direito aos outros profissionais de secretaria de saúde",disse.


Natanael Souza
[email protected] 

 

Imprimir