Cidadeverde.com
Entretenimento

'Tinha complexo de feiura', diz Susana Vieira durante entrevista em programa

Imprimir

Foto: Reprodução/instagram/@conversacombial

Susana Vieira, 78, revelou fraquezas, falou da sua elevada autoestima e se emocionou ao rever cenas da carreira durante o programa Conversa com Bial, exibido na madrugada desta quarta-feira (17).

A atriz contou que se sentiu como se tivesse morrido durante a pandemia. E afirmou que não vê sentido em apenas "estar" ao falar sobre a necessidade de viver, de desfrutar dos momentos que a vida oferece além das paredes da casa.

Susana acha que vai beijar muito, vai transar muito. Que alguém vai dizer que é muito gostosa. Que vai voltar para a Grécia. Para a atriz, é isso que a faz se manter viva. Ao falar sobre o otimismo para os dias pós-pandemia provocou reação do apresentador. Bial não perdeu a oportunidade e declarou "minha gostosa".

Susana falou que encara a vida como se fosse dois personagens. Disse que, como Sonia, é a pessoa verdadeira, que tem depressão, ansiedade, tristeza. Mas quando entra em cena a Susana, tudo muda. "Não estou aqui a passeio. Eu estou num passeio sério."

"Quem está em casa é a Soninha", se referindo a seu nome de batismo. Sonia Maria Vieira Gonçalves nasceu em São Paulo, morou em Buenos Aires, na Argentina, e em Montevidéu, no Uruguai. Casou-se com o diretor Régis Cardoso, com quem teve seu único filho. Estudou balé e entrou para a TV como bailarina em musicais. E se tornou Susana Vieira ao assumir carreira em telenovelas, a partir de 1962.

Susana confessou que tinha complexo de feiura, complexo de gordura, complexo por ter seios grandes. A atriz não resistiu à emoção e foi às lágrimas ao assistir trechos do especial "Vestido de Noiva" (1979), em que contracenou com a atriz Tônia Carrero. "A autoestima te economiza tristeza, te economiza as facadas que você próprio se dá".

 

Fonte: Folhapress

Imprimir