Cidadeverde.com
Cidades

Chuva com 36 horas de duração causa estragos e deixa povoados isolados em Bertolínea

Imprimir

A cidade de Bertolínia, que fica a 398 quilômetros ao Sul de Teresina, tem registrado volumes expressivos de chuva nos últimos dias. A última precipitação durou mais de 36 horas e causou uma série de estragos no município. 

Povoados isolados, ruas esburacadas, rompimento de paredes de residências e transbordamento de riacho foram alguns dos estragos registrados na cidade. O prefeito Geraldo Fonseca disse ao Cidadeverde.com que está preocupado com a intensidade das chuvas e está monitorando os pontos atingidos. 

“Choveu mais de 36 horas seguidas, agora deu uma parada, mas a previsão é que chova mais. Os agricultores registraram 140 milímetros de chuva em um dia. Danificou muito a cidade e estamos com equipes nas ruas esperando a água baixar para fazer intervenções”, explica o prefeito. 

A parede da residência de uma família desabou e os moradores, entre eles duas crianças, tiveram escoriações leves. A Casa Paroquial também teve um muro rompido e água invadiu o quarto do padre.

“Graças a Deus o prejuízo tem sido material, não há feridos e desabrigados”, afirma o prefeito. O gestor confirma que estradas municipais romperam como as que ligam Bertolínia e Canavieira e as comunidades Cágados e Maliças.  Para encontrar outro acesso, os moradores tem que percorrer pelo menos 60 Km.

O Riacho Tapuio transbordou e inundou a passagem molhada que dá acesso à Localidade Tapuio. A prefeitura afirma que depende da diminuição das chuvas para recuperar os trechos rompidos.
O prefeito disse, ainda, que por enquanto não decretar situação de emergência na cidade, mas admitiu a possibilidade caso chova mais e o cenário piore.  

Equipes da Defesa Civil Estadual acompanham a situação. 

Izabella Pimentel
[email protected]cidadeverde.com 

  • Untitled-12.jpg Divulgação
  • Untitled-11.jpg Divulgação
  • Untitled-10.jpg Divulgação
  • Untitled-9.jpg Divulgação
  • Untitled-8.jpg Divulgação
  • bert.jpg Divulgação
Imprimir