Cidadeverde.com
Geral

Semec decide iniciar ano letivo somente com aulas remotas após alta na ocupação de leitos

Imprimir

Foto: Rômulo Piauilino/PMT

A Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec) anunciou, nesta quarta-feira (24), que não vai adotar a modalidade de ensino híbrida, alternando entre aulas presenciais e remotas, conforme havia previsto o calendário escolar 2021.  O ano letivo inícia no próximo dia 1° de março totalmente no formato remoto.

A decisão foi tomada após Teresina registrar  aumento dos  casos de coronavírus e os leitos de UTI-Covid atingirem lotação máxima. O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, explica que nem mesmo as aulas do 2º, 5º e 9º ano da rede municipal de ensino irão ser híbridas, conforme havia sido anunciando anteriormente.  

“O momento é bem preocupante, considerando o surgimento de novas variantes no país e principalmente no tocante a velocidade de transmissão da doença e capacidade hospitalar em Teresina. A suspensão do início das aulas da Rede Municipal no formato híbrido acontece a fim de prevenir a propagação do coronavírus, ajudando a manter a saúde dos estudantes, trabalhadores em educação, comunidade escolar e toda a população”, explica o secretário Nouga.

A Secretaria Municipal de Educação afirma que vai fazer uma “busca ativa” para saber como está o acesso dos alunos às aulas remotas e identificar as principais dificuldades. Sobre a entrega de chips de internet para os estudantes, a Semec informou que a possibilidade está sendo estudada. 

 A Secretaria de Educação garante que estudantes com dificuldade de acesso aos meios digitais serão atendidos presencialmente e de forma individual por professores. Os pais ou responsáveis deverão entrar em contato com a escola e realizar o agendamento, cumprindo todo o protocolo de segurança contra a Covid-19.

 

Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir