Cidadeverde.com
Política

Fábrica deve entregar 10 milhões da Sputnik V até maio, diz governador

Imprimir

A União Química, indústria responsável pela fabricação da vacina Sputnik V no país, deve entregar até maio as primeiras doses do imunizante ao Brasil. A empresa aguarda a liberação emergencial por parte da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo o governador Wellington Dias (PT), que visitou a fábrica nesta terça-feira (2), serão 10 milhões de doses nos próximos três meses.

“O compromisso é de, com a autorização emergencial, entregar em março, abril ou maio, dez milhões de doses já contratadas com o Ministério da Saúde. Isso se soma a estratégia de garantir a vacinação do grupo de maior risco até maio”, disse o governador.

A União Química informou aos governadores que a fábrica terá capacidade de produzir até 8 milhões de doses por mês.

“Eles entregaram a documentação para a fase emergencial para ter aprovação emergencial da Anvisa. Acertamos o empenho para que a gente tenha, até a próxima semana, um posicionamento sobre essa aprovação”, afirmou o governador, que também é coordenador da temática vacina do Fórum Nacional de Governadores.

Ainda de acordo com o governador, o objetivo é de chegar até julho com 70% da população vacinada.

Foto: Ascom Consórcio do Nordeste

“Eles (União Química) entregaram a documentação já da fase 3 para pedido de autorização definitiva. Fizemos um pedido sobre o cronograma de produção. Foi dito que eles vão ter condição de, a partir de abril, produzir 8 milhões de doses por mês. Com base nisso, o que é possível contratar de entrega. O interesse é de chegar até julho com 70% da população vacinada”, declarou.

Questionado sobre quem comprará as doses, estados ou Ministério da Saúde, Wellington Dias afirmou que o ministro Eduardo Pazuello já havia anunciado que, havendo vacina, o governo federal vai comprar.

“O compromisso é de ter vacina para o Brasil. Ou a união ou os estados compram. O ministro já disse que compra”, finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir