Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Piauí é o único no país em que mulheres são maioria em cargos gerenciais

Imprimir

O Piauí é o único estado do país em que as mulheres são maioria em cargos gerenciais. O superintendente de informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eyder Mendes, coloca que a média brasileira é de 37%; enquanto no estado  chega a 53%.

"Esse indicador é o maior do Brasil. Não tem nenhum estado que supere os 50%. A média brasileira é de 37%. O estado do Mato Grosso tem o menor percentual do Brasil (30%). Por aí já dá uma ideia da conquista das piauienses em conseguir esse espaço", explica Mendes. 

Ele reitera que o bom indicativo é reflexo de alguns fatores, incluindo o interesse pelos estudos. 

"Seja pela condição demográfica, as mulheres no Piauí são 52% e os homens 48%; as mulheres também têm mais anos de estudos que os homens e em conclusão de curso superior superam os homens. 19% concluíram o nível superior e os homens apenas 16%. Tudo isso é uma conquista conseguida pelas mulheres através do seu trabalho, da sua luta em estudar mais se capacitar e galgar esses postos", reitera o superintendente do IBGE no Piauí.

Por outro lado, em termos salariais, as mulheres ainda recebem cerca de 12% a menos que os homens no Piauí. 

"Em 2019, as mulheres recebiam R$ 1.250 em média e os homens R$ 1.475, ou seja, 12% a menos que os homens. Os valores ainda são bem melhores que no Brasil onde a média é de 28%. De toda forma, é uma conquista das mulheres no Piauí que hoje estão quase igualando seus salários com o dos homens", disse  Eyder Mendes. 

 

Graciane Sousa
[email protected] 

Imprimir