Cidadeverde.com
Cidades

Governo do Piauí anuncia recuperação de rodovias estaduais

Imprimir

O diretor-geral do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Leonardo Sobral, avalia como um projeto extremamente positivo e também audacioso o Plano de Restauração de Rodovias do Piauí, lançado nesta terça-feira (9), pelo Governo do Estado e pelo secretário de Estado da Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles, em solenidade virtual. Ao todo, serão investidos mais de R$ 782 milhões para recuperar e conservar estradas nos 12 territórios de desenvolvimento do estado.

“Não tenho dúvidas da importância desse plano de recuperação de rodovias para a população piauiense. É um plano audacioso, corajoso, e tenho certeza que todos os órgãos envolvidos, seguindo as diretrizes do governador Wellington Dias e do coordenador Rafael Fonteles, conseguirão desempenhar com afinco essa missão. Por parte do Idepi, nossa equipe está preparada e fortalecida para trabalhar e cumprir o cronograma de ações apresentado e, assim, recuperar toda a malha rodoviária do Piauí”, disse Leonardo Sobral,

Ele também destaca que, mesmo nos períodos mais críticos do início da pandemia, o Idepi manteve o seu corpo técnico trabalhando na elaboração de projetos de infraestrutura, o que preparou e estruturou o órgão para a retomada das atividades econômicas ainda em junho do ano passado quando foi lançado o PRO Piauí, e também para os novos desafios que chegariam com a implementação e o sucesso do programa.

O Plano de Restauração de Rodovias do Piauí, lançado pelo governo, ampliará investimentos na malha viária em mais de 6.000 quilômetros de rodovias piauienses por meio do PRO Piauí Rodovias. Além de executar ações de conservação nos corredores de maior tráfego entre as cidades e vias secundárias, o objetivo é interligar por asfalto todos os municípios piauienses até o fim deste ano.

Além do Idepi, também serão responsáveis pela execução das obras, o Departamento de Estradas e Rodagens do Piauí (DER-PI), Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), Secretaria do Estado de Transportes (Setrans), Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi) e Defesa Civil. Todos os gestores dos órgãos participaram do lançamento do Programa.

Da Redação
[email protected]

Tags:
Imprimir