Cidadeverde.com
Política

Franzé defende auxílio emergencial e crédito para pequenas e médias empresas

Imprimir

Foto: Divulgação

Durante a sessão virtual da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), nesta quinta-feira (11), o deputado estadual Franzé Silva (PT) defendeu a necessidade de o Governo Federal reeditar o auxílio emergencial e a liberação de linhas de crédito para pequenas e médias empresas, de modo a reduzir os impactos que vêm sendo provocados pela crise da pandemia de Covid-19 sobre a população mais vulnerável.

“Pela forma como a crise está se desenhando, não vejo outra saída, senão o isolamento social. Portanto, eu peço ao governador Wellington Dias, que trate, junto ao Fórum de Governadores, sobre a possibilidade da imediata reedição do auxílio emergencial e das linhas de crédito para pequenas e médias empresas, atendendo, urgentemente, às pessoas mais vulneráveis”, assinala o parlamentar.

Ainda de acordo com Franzé Silva, que foi um dos articuladores da sessão desta quinta – voltada, justamente, à discussão e estabelecimento de ações urgentes para combater o agravamento da crise de Covid-19 no Piauí –, “nós vamos precisar, na linha de frente, junto com a busca por mais vacinas e leitos, colocar também o acesso à renda para essas pessoas que terão de ficar em isolamento”.

A sessão contou com a participação do governador do Estado, Wellington Dias; representantes do Comitê de Operações Emergenciais (COE); Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi); Universidade Federal do Piauí (UFPI); Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), Ministério Público do Piauí (MP-PI); Associação Piauiense de Municípios (APPM), entre outras instituições.

De acordo com o Alderico Tavares, membro do COE, o Estado chegou, de fato, à situação de colapso na rede de saúde. “Já vínhamos alertando há muito tempo. O colapso afetou as redes federal, estadual e privada. Praticamente, todos os leitos de UTI estão ocupados, atendendo a pacientes com Covid”, observa.

O professor e pesquisador da UFPI, Emídio Matos, apresentando estatísticas sobre a situação, explicou que “recomendamos ao COE lockdowns mais rigorosos; fazer testagem, por setores da economia; ampliar a cobertura vacinal e vigilância laboratorial; rastrear a mutações do vírus; e fortalecer a atenção primária à saúde”.

O governador Wellington Dias, que preside o Consórcio Nordeste e coordena a estratégia para vacina contra Covid-19 do Fórum dos Governadores, destaca que, “sábado, teremos reunião para avaliar a situação estadual e nacional e deliberar sobre os próximos passos. Dedicaremos força total à compra de mais vacinas e direcionar apoio à rede de saúde”.

Da Redação
[email protected]

Tags: FranzéAlepi
Imprimir