Cidadeverde.com
Últimas

Gevisa notificou 44 estabelecimentos entre 29 de março e 4 de abril

Imprimir

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou nesta segunda-feira (5) que a Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa) notificou 44 estabelecimentos comerciais no período de 29 de março a 4 de abril. Outros 13 foram autuados no período, totalizando 57 locais com irregularidades.

Segundo a FMS, o monitoramento é feito rotineiramente com o apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal para verificação do cumprimento do Decreto com medidas mais restritivas nesse período. 

Ainda de acordo com a FMS, a Gevisa fiscaliza cerca de 200 estabelecimentos por noite e 1.000 estabelecimentos por final de semana, já que em dias de lockdown a fiscalização não é exclusiva em serviços essenciais, como também em estabelecimentos que estão obedecendo o Decreto e os não essenciais que insistem em desobedecer.

A gerente de Vigilância Sanitária, Larisse Portela, informa que o monitoramento ocorre em todas as zonas de Teresina.  

"Os tipos de estabelecimentos considerados não essenciais mais frequentemente encontrados abertos durante as vistorias são: lojas de material de construção, salões de beleza e barbearias, lojas de manutenção e acessórios de aparelhos de celular, oficinas de refrigeração e comércio de variedades. Também encontramos bares e restaurantes fazendo atendimento presencial em dias de lockdown", diz.

Ela destaca e agradece o apoio da população que tem denunciado os estabelecimentos que descumprem o decreto. A Gevisa disponibiliza os fones 3215 9102 e 3215 9115 para a população fazer denúncias.

Da Redação
[email protected]

Imprimir