Cidadeverde.com
Política

Vereador apresentará requerimento para incluir novos grupos na vacinação

Imprimir

Foto: Roberta Aline

 

O vereador Vinício Ferreira (Avante) vai apresentar nesta quarta-feira (07) requerimento para a inclusão de grupos prioritários na fila de vacina. Segundo ele, apesar dos novos grupos, a fila da vacina não pode ser furada. 

No grupo proposto pelo vereador, estão jornalistas, caixas de supermercados e farmácias e motoristas de aplicativo.  

"São caixas de supermercados, pessoas que são super expostas, caixas de farmácias, motoristas de aplicativos, que fazem a vez de motorista de ambulância. Entra também os jornalistas e jornalistas cinematográficos. Os que fazem a cobertura de rua. Esse grupo que pedimos a inclusão. Paramos na quarta-feira o grupo com 68 anos de idade. Era para ter sido retomado. As vacinas chegaram na sexta. O correto era na segunda retomar a vacinação dos idosos e incluir as categorias novas. Sem parar uma para entrar outra. Isso não pode acontecer", disse.

Para o vereador, e preciso ter grupos de prioridades dentro da prioridade. 

"Se não há vacina para todos, a prefeitura com o controle  do Ministério Público têm que colocar critérios  para que as pessoas possam ser vacinadas. Tem que ser dos mais velhos para os mais novos. Quem tem comodidades e assim sucessivamente. Não fazer o que foi feito. Governador baixa um decreto dando prioridade para os policiais e  professores e suspende a dos idosos. Isso é errado. Tinha que ser uma ao lado da outra", destacou.

Vinicius Ferreira afirma que vai tentar chegar a um consenso com o prefeito Dr. Pessoa que assina hoje decreto de prioridades para guarda-municipal, jornalistas e professores.

"Irei para prefeitura. Tentarei falar com prefeito. Acho difícil mudar a posição  dele. Tentar orienta-lo. Embora não  seja profissional da área da saúde, não  posse fazer sugestão  para um médico. Quem sou eu. Mas tentar orienta-lo para ficar fila. Isso vai causar  um dano para a sociedade", disse.

Lídia Brito
[email protected]

 

 

Imprimir