Cidadeverde.com
Últimas

Governador diz que Brasil vive situação vergonhosa e pede à Anvisa aprovação da Sputinik

Imprimir

O governador Wellintgon Dias (PT) se reúne, na tarde desta terça-feira (6), com a área técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para cobrar a validação do registro da vacina Sputinik V no Brasil.

Dias  celebrou em março deste ano contrato com o Ministério da Saúde e o Fundo Soberano Russo para a compra de 37 milhões de doses da vacina Sputinik. Além dele, mais governadores do Nordeste também adquiriram a vacina.

Assessores técnico do Fundo Soberano Russo participam da reunião. Em vídeo, Wellington Dias, que também é presidente do Consórcio Nordeste, explica que o objetivo é que a Anvisa aprove o uso do imunizante no território brasileiro. 

“O objetivo é o cumprimento da  lei brasileira 14.124. Ela autoriza uma aprovação excepcional, diferente da autorização emergencial. Nesta autorização excepcional estabelece muito claramente, já em resolução, resolução 476, deixa claro que não é cabível a cobrança  de outras exigências a não ser a exigência que seja uma vacina aprovada por agência reguladora internacional. Na prática cabe à Anvisa a análise dessa aprovação por uma agência reguladora internacional”, disse o governador.

Wellington Dias voltou a afirmar que o Brasil vive um colapso,  com recordes diários de mortes por Covid-19. O governador defende que a vacinação contra a doença precisa ser acelerada urgentemente.

Fotos: Ascom/governodopiaui

“O Brasil precisa sair dessa  vergonhosa situação tanto de adoecimento, hospitalização, como colapso  e de óbitos. Queremos diminuir óbitos, queremos salvar vidas e queremos também a vacina Sputinik aprovada”, destacou.

O governador disse, ainda, que a mais de 15 milhões já foram imunizadas com contra a Covid-19 com a Sputinik. “É uma vacina com eficácia comprovada”, acrescentou.

 

 

Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir