Cidadeverde.com
Geral

Piauí está com 94% dos leitos de UTI ocupados; 13 hospitais estão lotados

Imprimir
Foto: UOL/Folhapress

O estado do Piauí está com 94,2% dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) ocupados. O boletim da Secretaria do Estado de Saúde (Sepisa), na noite de quinta-feira (29), aponta que 424 UTIs destinadas ao tratamento da Covid-19 estão com pacientes no momento. Hoje o estado conta com 450 leitos de UTI. 
 
“Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há 1.171 ocupados, sendo 717 leitos clínicos, 424 UTIs e 30 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 14.629 até o dia 29 de abril de 2021”, informa a Sesapi.

 


No Piauí, 13 hospitais – entre públicos e privados – estão com as UTIs Covid 100% ocupadas:
 
  • Bom Jesus – Público - Hospital Regional de Bom Jesus: 100% 
  • Floriano - Público - Hospital Regional Tibério Nunes: 100%
  • Oeiras - Público - Hospital Regional Deolindo Couto: 100%
  • Parnaíba – Público - Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA: 100%
  • Picos - Público - Hospital Regional Justino Luz: 100%
  • Piripiri - Público - Hospital Regional Chagas Rodrigues: 100%
  • São Raimundo Nonato - Público - Hospital Regional Sen. Candido Ferraz: 100%
  • Teresina - Público - Hospital da Policia Militar Dirceu Arcoverde – HPM: 100%
  • Teresina - Público - Hospital de Doenças Tropicais Natan Portella – HDIC: 100%
  • Teresina - Público - Hospital Geral do Monte Castelo: 100%
  • Teresina - Público - Hospital Getúlio Vargas – HGV: 100%
  • Teresina - Privado - Hospital São Paulo: 100%
  • Teresina - Privado - PRONTOMED: 100%
 

Dados Piauí
 
Desde o início da pandemia da Covid-19 no estado, o Piauí já registrou 240.420 casos positivos para a infecção do novo coronavírus e 5.101 mortes pela doença. 
 
A Sesapi estima que “234.148 pessoas já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registrados nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte”.  

O número de novos casos da Covid-19 em abril já é o maior desde o início da pandemia no Piauí.

 

Carlienne Carpaso
[email protected]

Imprimir