Cidadeverde.com
Política

Deputado defende "distritão" e evita comentar indicação para 2022

Imprimir

O deputado federal Marco Aurélio Sampaio (MDB) defendeu o sistema “distritão” como o mais justo para as eleições no Brasil. Segundo ele, quem tem mais voto é que deve ser eleito. Ontem, a Câmara dos Deputados instalou uma comissão especial para discutir a reforma eleitoral. 

“Distritão é o que o povo mais entende, onde os mais votados serão os eleitos. Seria o mais justo. Quem tem voto é eleito”, disse em entrevista à TV Cidade Verde.

O Congresso Nacional tem até outubro para aprovar as regras e elas serem aplicadas já em 2022. A comissão é formada por 34 membros titulares e 34 suplentes. 

Enquanto a reforma eleitoral não passa em Brasília, o MDB se articula para formar uma chapa proporcional em 2022. “A gente está buscando candidatos para compor uma chapa vitoriosa. O MDB é um partido histórico. Isso não vai ser problema”, garante Marco Aurélio.

O parlamentar comentou ainda os rumores de que seu nome é cotado para vice-governador tanto pela situação como oposição.

“Me sinto muito honrado. Tudo que vejo é pela imprensa. Tudo que a gente falar agora pode não acontecer no ano que vem. Eu como parlamentar federal quero continuar entregando resultados em 2021. As especulações políticas a gente deixa para 2022”, finalizou.

Foto: Roberta Aline

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir