Cidadeverde.com
Últimas

ASA lança projeto de combate ao abuso sexual e trabalho infantil

Imprimir
  • flora5.jpg Ascom ASA
  • flora3.jpg Ascom ASA
  • flora2.jpg Ascom ASA
  • flora1.jpg Ascom ASA

A Ação Social Arquidiocesana (ASA) lançou, nesta quinta-feira (13), o projeto Florada dos Ipês que vai atuar em dois temas específicos: o enfrentamento ao trabalho infantil e ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Dados do Conselho Tutelar apontam que,  no ano passado, 116  foram vítimas dessas violações. Em 2021, somente em janeiro e fevereiro, foram 28 casos. 

O lançamento do projeto foi por meio de uma live e contou com a presença do padre Tony Batista, diretor da ASA, que destacou a importância de ações sociais citando exemplos de dois ex-assistidos: uma que se tornou técnica em Enfermagem e outro que trabalha no Banco Central. 

Foto: Ascom ASA

"Ela foi uma das meninas mais difíceis que encontrei na recuperação. Mandamos pra São Paulo e tantos lugares. Hoje é uma técnica em Enfermagem, digna, competente e honesta. O outro, hoje é um senhor que trabalha no Banco Central. Esses casos mostram que eles não começaram florindo e é por isso que estamos aqui porque não aceitamos ser felizes sozinhos", disse o diretor da ASA. 

O padre diz que o nome do projeto reflete a esperança, alegria e colorido para jovens, crianças e adolescentes de tantos lugares de Teresina. O lançamento contou com apresentações artísticas de assistidos por projetos sociais. A  secretaria Municipal de Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Eliana Lago, destacou a importância  do projeto.

"Só vem a fortalecer todo o atendimento que a gente precisa ter para a criança, para o adolescente. A gente fazendo parcerias, mostrando todos os serviços é muito importante para a sociedade", pontuou a secretária. 

O projeto será operacionalizado através da realização de atividades formativas, lúdicas e culturais de caráter preventivo, informativo, integrativo entre os serviços do grupo Novos Meninos, Casa de Zabelê, Programa Jovem Aprendiz e Serviços de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos (SCFV) da ASA. No total,  cerca de 800 pessoas serão assistidas, entre crianças e adolescentes. 

Foto: Ascom ASA

"Hoje atendemos serviço de convivência e fortalecimento de vínculo que trabalha com temas transversais e todas as violações  de direitos e crianças em situações de vulnerabilidade. Posso ter crianças que estejam em conflito familiar, criança que esteja enfrentando trabalho infantil, criança que esteja sofrendo violência ou que não tenha nenhuma dessas questões, mas que estejam com deficit escolar. É um contingente muito grande de temática", explica Valdeniria Silva, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS). 

Geralmente, a 'porta de entrada' de crianças e adolescentes nos projetos sociais se dá por meio dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAs).
 

Projeto em quatro fases

O Florada dos Ipês será desenvolvido até dezembro de 2021 e está dividido em quatro fases. A primeira etapa denominada “Plantar para Esperançar” já está em execução e corresponde ao planejamento, mobilização e a execução de oficinas e treinamentos com os profissionais da ASA.

Em seguida, na etapa “Germinar para Semear”, serão realizadas oficinas formativas e de sensibilização sobre violência sexual e trabalho infantil com os assistidos pelos serviços, além de encontros com suas famílias. 
Na etapa “Cultivar para Florescer” serão realizadas oficinas de dança, música, teatro e artes manuais para crianças, adolescentes e juventudes dos serviços da ASA, além de gincanas e encontros de esporte e lazer.

Na quarta etapa, que leva o nome do projeto, será realizada a caravana Florada dos Ipês com visitas as escolas de Teresina, bem como encontros em instituições da rede socioassistencial e um Seminário de Prevenção e Enfrentamento às Violações de Direitos das Crianças e Adolescentes.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir