Cidadeverde.com
Esporte

Atlético-GO volta a tropeçar em casa e se complica na Sul-Americana

Imprimir

O Atlético-GO foi cauteloso durante os primeiros 45 minutos, embora tenha entrado em campo pressionado pela vitória para depender apenas das próprias forças para avançar à próxima fase.

O Libertad também não se lançou ao ataque, mas iniciou a partida sendo mais efetivo com a bola nos pés e criando a primeira oportunidade aos 13 minutos, quando Bareira recebeu ótimo passe e finalizou por cima da meta defendida por Fernando Miguel.

A resposta dos goianos foi imediata e, aos 16 minutos, João Paulo lançou Janderson, que chutou de primeira e viu o zagueiro do Libertad tirar a bola em cima da linha, evitando o primeiro gol.

Em seguida os times mantiveram a postura de forte marcação, o que tornou o jogo menos atrativo. Antes do intervalo, aos 45, o Atlético-GO teve mais uma oportunidade, desta vez em chute forte de Marlon Freitas que acabou parando nas mãos do goleiro Martín Silva.

No segundo tempo, o Atlético-GO deu indícios de que buscaria a vitória de qualquer maneira. Logo aos dois minutos, Igor Cariús finalizou de fora da área e quase acertou o canto direito do goleiro do Libertad.

Contudo, os brasileiros não conseguiram manter o ritmo e encontraram dificuldades para passar pela forte marcação paraguaia.

Antes do apito final, aos 43, o Libertad ainda acertou travessão de Fernando Miguel, num gol que selaria a eliminação do Atlético-GO com uma rodada de antecedência.

Pela última e decisiva rodada da fase de grupos, o Atlético-GO voltará a campo na terça-feira para enfrentar o Newells Old Boys, às 19h15, em Rosário, na Argentina. No mesmo dia e horário, o Libertad (PAR) visitará o Palestino. em Roncagua, no Chile.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir