Cidadeverde.com
Últimas

Projeto que obriga uso de focinheiras em cachorros gera polêmica em Teresina

Imprimir

Foto : Bruna Carvalho

O projeto de Lei Nº 115/2021 que obriga o uso de focinheira em cachorros de grande porte durante passeio em via pública foi alvo de críticas entre os protetores de animais. O projeto é de autoria do vereador Venâncio Cardosos (PSDB) e seria votado na Câmara Municipal de Teresina (CMT) nesta quarta-feira (26), mas foi adiado após protestos. Com 20 votos favoráveis, a CMT aprovou a realização de uma Audiência Pública para debater o PL 115/2021. O vereador Venâncio também solicitou a suspensão da tramitação na Casa para que os debates com a sociedade civil aconteça. 

O presidente fundador do Lar do Nando, Fernando Machado, disse ao Cidadeverde.com que foi pego de surpresa com o projeto que, segundo ele, seria votado “em caráter de urgência” sem nenhuma discussão pública. 

“Soubemos pelo Instagram do vereador. Ontem, tive acesso às pautas e que a votação já seria hoje. Colocaram a votação do projeto em caráter de urgência. Falaram que a votação foi cancelada e que iriam fazer uma audiência pública”, disse. 

Em seu perfil da rede social, o vereador Venâncio Cardoso comentou que o projeto surgiu a partir de demandas observadas na cidade. Ele reforçou que uma audiência pública será realizada para discutir o projeto. 

“Com a pandemia cresceu muito aqui em Teresina o número de pessoas que praticam esportes de rua (ciclismo, corrida) e de pessoas que levam os seus familiares e suas crianças para passear em espaços públicos. Uma demanda que surgiu foi a necessidade de animais de grande porte utilizarem focinheiras nos locais públicos de prática esportiva”, diz o vereador.

No vídeo, ele comenta sobre as críticas recebidas. “As pessoas estão criticando ao ponto de dizer que é uma lei inútil e sem sentido, mas pra quem me solicitou - que são pessoas que levam as suas crianças e os cachorros pequenos - e pra mim é de extrema importância. É um projeto que será amplamente discutido, várias sugestões já chegaram nas minhas redes sociais, como a retirada de algumas raças. Estamos abertos a sugestões e vamos discutir em audiência pública”. 

 

 

 

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir