Cidadeverde.com
Esporte

Em crise, Santos perde quase R$ 3 mi com queda na Libertadores

Imprimir

A eliminação precoce do Santos na Taça Libertadores da América causou um prejuízo imediato de quase R$ 3 milhões. A queda foi confirmada com a derrota por 3 a 1 para o Barcelona em Guayaquil (EQU) na quarta-feira (26).

O Santos ficou com a terceira colocação do Grupo C, com seis pontos, e se classificou às oitavas de final da Sul-Americana. A premiação da Libertadores seria de US$ 1,05 milhão (cerca de R$ 5,5 milhões) em caso de classificação. Na Sula, o valor cai para US$ 500 mil (aproximadamente R$ 2,6 mi).

O Santos vive situação financeira delicada e tem a segunda pior nota no ranking de Fair Play financeiro. Os R$ 3 milhões terão impacto considerável nos cofres do clube, que tem dificuldade para honrar os salários e busca reforços por empréstimo ou mesmo livres no mercado. 

O lateral-esquerdo Moraes (Atlético-GO) e o meia-atacante Marcos Guilherme (Internacional) estão acertados.

Fora da Libertadores, o Santos aguarda o sorteio da Sul-Americana na terça-feira (1º), dia em que estreará na Copa do Brasil diante do Cianorte, no Paraná. Antes, enfrentará o Bahia no sábado (29), na Fonte Nova, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Por questões de logística, a delegação alvinegra optou por não voltar do Equador para Santos e seguiu de Guayaquil para Salvador -de lá, o time santista irá para Cianorte. Na jornada fora de casa, Diniz precisará aprofundar a relação com o elenco e estimular a reação na temporada.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir