Cidadeverde.com
Esporte

Copa do Brasil: Vasco enfrenta o Boavista e busca solução no meio-campo

Imprimir

Muitos fatores tiveram influência na derrota do Vasco para o Operário-PR por 2 a 0, em São Januário, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. 

Um deles foi destaque na coletiva de imprensa após o jogo: carência do setor de meio campo. Sem Marquinhos Gabriel, o time novamente mostrou falta de criatividade e intensidade no setor e pouco incomodou a defesa adversária.

E esse voltará a ser um problema para o Vasco enfrentar o Boavista, nesta terça-feira (1º), às 21h30, em Bacaxá, pela abertura da terceira fase da Copa do Brasil.

"A nossa grande dor de cabeça é nosso meio campo que não está criando o que deveria. O Rômulo vem treinando, pode agregar bem, precisamos ver o quanto ele pode aguentar. O Juninho também pode ser uma opção para o setor. Precisamos evoluir com esse grupo. Confio muito nesse grupo de jogadores. 

Talvez precisamos mudar rotas, ver com calma o que deve ser feito para o Vasco melhorar", disse o treinador em entrevista coletiva transmitida pela "Vasco TV".

O primeiro deles ainda está com pouco ritmo de jogo e saiu machucado há algumas semanas, enquanto o segundo foi pouco aproveitado nos últimos jogos.

O meio campo é o setor com mais carência no momento para o time de Marcelo Cabo, tanto que nessa partida diante do Operário o treinador colocou jogadores que atuam mais abertos, como Morato e Pec, para jogar mais centralizados. Não teve sucesso.

O comandante também destacou a importância de Marquinhos Gabriel, no entanto, afirmou que não há uma data prevista para o retorno do jogador que não atuou na derrota deste fim de semana.

"A gente oscilou nesses últimos jogos. O Vasco já teve boas atuações nesse ano. É claro que sem o Marquinhos nós perdemos força, mas nós trouxemos o Sarrafiore para isso, para reforçar nosso meio campo. 

Não temos uma previsão para a volta do Marquinhos Gabriel. Temos que ter calma, porque precisamos ver o que pode ser feito, entender com calma o que pode ser feito para ver o que faltou taticamente", finalizou o comandante cruz-maltino.

O Vasco terá a seguinte escalação para enfrentar o Boavista: Vanderlei; Léo Matos, Ernando, Ricardo, Zeca; Andrey, Galarza, Sarrafiore (Juninho); Gabriel Pec, Cano, Morato (Figueiredo). T.: Marcelo Cabo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir