Cidadeverde.com
Geral

Teresina não tem previsão para vacinar toda população contra Covid-19

Imprimir

 

Teresina alcançou até o dia 1º de junho cerca de 22% da população com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19. Isso quer dizer que um em cada cinco moradores da cidade iniciou o processo de imunização. De acordo com o painel epidemiológico, entre os vacinados, destaca-se o público de 60 anos ou mais que representa quase 55%. No início de maio, esse número chegou a 1.800. A média hoje é de 1.427 pessoas vacinadas por dia. Se continuar assim, a capital piauiense só terá toda a sua população imunizada em 2023. Teresina não tem previsão para vacinar toda população contra a Covid-19. 

Os rumos da vacinação mudaram no país. Em São Paulo, por exemplo, o calendário já estima imunizar a população de 18 anos ou mais até o outubro de 2021, com a inclusão de categorias profissionais por uma sequência de idades. Teresina tem autonomia para segui esse modelo, mas, segundo a Fundação Municipal de Saúde (FMS), essa possibilidade vai depender da quantidade de vacinas encaminhadas ao município pelo Ministério da Saúde e Governo do Estado.

“Não tem como a gente dar uma previsão de quanto a gente vai conseguir vacinar toda a população, se é até o final do ano, que é que o todos estão aguardando e o que a gentes espera, porém depende do envio de doses e com a frequência que essas doses serão enviadas ao município”, diz a coordenadora da campanha de imunização contra a Covid, da FMS, Emanuelle Dias. 

Atualmente, a prioridade de vacinação em Teresina atende os trabalhadores da Saúde (18 anos ou mais), Força de Segurança e Salvamento, Forças Armadas, Trabalhadores da Educação.

Algumas das categorias que não pararam os trabalhos durante a pandemia e que reivindicam a vacinação são: funcionários de supermercado, garis, trabalhadores de farmácia e bancários.

Com informações do Notícia da Manhã
[email protected]

 

Imprimir