Cidadeverde.com
Política

Governador apresenta plano de retomada econômica em Fórum

Imprimir

O governador Wellington Dias (PT) participou nesta quinta-feira (3), da 33º edição do Fórum Nacional, evento que reúne grandes referências da área econômica no Brasil e autoridades dos órgãos de controle, como o Tribunal de Contas da União. Na ocasião, Dias apresentou o crescimento do Estado em 20 anos e as medidas tomadas para o equilíbrio fiscal durante a pandemia.

“Nós fizemos esforços para aumentar investimentos, lançamos o programa de retomada da economia, o PRO Piauí, são investimentos na educação, social, saúde e segurança. Só na infraestrutura será realizado um investimento de R$ 2 bilhões em pavimentação e rodovias, ampliação de ações de mobilidade urbana, expansão de serviços de saneamento e abastecimento d’água, turismo, esporte e cultura”, afirmou o governador.

Além de hoje, o evento acontece nos dias 11, 21 e 25 de junho, transmitido via internet com o tema básico “Ajustar a Previdência para Investir e Crescer Mais”.

A 1ª Sessão foi dedicada ao debate da Pandemia e a Crise Estadual no Piauí e Santa Catarina com a presença de Raul Velloso (presidente do Fórum Nacional) e Leonardo Rolim (presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS) e Adircélio Ferreira Junior (presidente do Tribunal de Contas de Santa Catarina). Na oportunidade foram discutidos os desafios ligados ao equacionamento da previdência pública e a retomada da economia local na fase pós-covid.

Raul Velloso destacou a importância da presença do governador Wellington Dias para compartilhar as experiências de gestão neste momento delicado que o país passa. 

“Nós precisamos investir para crescermos mais, devemos buscar saídas, o Piauí é exemplo em atitudes estratégicas durante essa pandemia, por isso o convite a esse grande gestor para nos trazer essas experiências”.

Sobre os investimentos na educação, Wellington Dias destacou que em seu primeiro mandato em 2002, no Piauí eram apenas 400 mil pessoas com Ensino Médio. “Em 2002 o Piauí tinha 400 mil pessoas com Ensino Médio e nós chegamos em 2020 com 1 milhão e 200 mil pessoas com Ensino Médio. Lançamos também novas medidas para alfabetizar em 2 anos 200 mil pessoas, o analfabetismo No Estado que era 33% hoje está em média 16%”, disse.

O governador destacou também os investimentos em saúde, segurança e parcerias público-privada. 

“Dobramos número de UTIs no Estado e aumentamos as regiões de alta complexidade, lançamos concurso da PM e investimos em novos automóveis. Em parcerias chegamos ao valor de R$ 3,2 bilhões em projetos contratados de terminais rodoviários, saneamento de Teresina, PI Conectado, ginásio verdão, habitação, miniusinas de energia solar e o terminal de Barra Grande”, finalizou.

Da Redação
[email protected]

Imprimir