Cidadeverde.com
Esporte

Contra a Ponte, Vasco tenta embalar com apoio de reforços caseiros

Imprimir

Com o Vasco atravessando um período instável, o técnico Marcelo Cabo poderá ao menos contar com reforços caseiros para a partida deste domingo (6), contra a Ponte Preta, em Campinas (SP), pela segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A tendência é que ele conte com o meia Marquinhos Gabriel, o zagueiro Leandro Castan, o volante Michel e o atacante Daniel Amorim.

Marquinhos Gabriel está fora há quase um mês, por conta de uma lesão muscular na coxa esquerda, desde o 2 a 1 sobre o Madureira em 8 de maio, nas semifinais da Taça Rio. Para muitos, a ausência dele foi o fator primordial para a queda de rendimento do time, que ficou sem seu principal articulador de jogadas.

Já Castan atuou pela última vez em 16 de maio, no jogo de ida da decisão da Taça Rio, contra o Botafogo. Desde então, o capitão do elenco também se recupera de uma lesão muscular e foi substituído pelo jovem Ricardo Graça.

Outra novidade será o volante Michel, emprestado pelo Grêmio até o fim desta temporada. Ele havia sido poupado do jogo da última terça-feira (1º), contra o Boavista, pela Copa do Brasil, e já está regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF para fazer sua estreia.

Por fim, o atacante Daniel Amorim volta a ficar à disposição após ser ausência diante do Boavista por já ter disputado a Copa do Brasil pelo Tombense (MG). O jogador de 1,91m havia feito sua estreia na derrota por 2 a 0 para o Operário-PR, na Série B, entrando no segundo tempo.

Na avaliação de Cabo, o momento é o de aproveitar a vitória na última terça em Bacaxá (RJ) para embalar: "Sabemos como a Ponte é forte no Moisés Lucarelli, mas temos que aproveitar essa atuação de hoje e dar sequência à equipe, para que possamos buscar nossos objetivos".

Apesar dos reforços, o treinador poderá precisar lidar com o desfalque do lateral esquerdo Zeca. O jogador sentiu um desconforto na coxa direita no jogo contra o Boavista e precisou ser substituído. Ele tem sido avaliado diariamente pelo departamento médico.

Já o jovem e promissor meia-atacante MT, comprado pelo Vasco por R$ 600 mil junto ao Volta Redonda, segue se recuperando de uma lesão na região lombar. De acordo com informações do departamento médico do clube, ele está num período de fortalecimento e transição física.

MT chegou ao Vasco ainda para o sub-20, em 2019, e, no início desta temporada, foi pinçado por Marcelo Cabo e vinha atuando bem até se lesionar. Tal como ele, o zagueiro Ulisses é outro com status de transição física.

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir