Cidadeverde.com
Esporte

Após eliminação, diretoria do Tiradentes fala em trabalhar com tempo e mira 3 competições

Imprimir

Foto: Felipe Cruz/Ascom Fortaleza 

Após a eliminação precoce no Campeonato Brasileiro Série A2 a equipe do Tiradentes junta os cacos. A diretoria busca se informar de quantas competições ainda terá na temporada, mas trabalha com a possibilidade de disputar Copa Batom, Campeonato Piauiense e uma possível Copa do Nordeste não filiada à CBF. Por enquanto a possível retomada dos trabalhos no naipe feminino seria na segunda quinzena de julho. 

De acordo com o presidente do Tiradentes a maior culpa pela falta de resultados no Brasileiro foi da diretoria e do trabalho realizado às vésperas da competição. “O maior culpado do insucesso foi eu, foi a diretoria. Não posso fugir disso. Por isso eu estou trabalhando agora com ter tempo, fazer um planejamento a longo prazo. Se tiver competição no final de setembro eu quero reapresentar o time na segunda quinzena de julho, se for no começo de setembro eu apresento na primeira semana de agosto, mas não quero correr o risco que corri antes de não ter tempo para trabalhar. Além disso, trabalhar com uma base mais caseira”, frisou Coronel Oseas Canuto. 

Outra confirmação da diretoria é que o técnico André Rocha não irá comandar a equipe no decorrer da temporada. A intenção é buscar um novo nome ou então Nara Rochelly auxiliar técnica de André é cotada para assumir. “Eu conversei com o grupo e aparentemente ele não se encaixou tão bem. Eu queria conseguir efetivar ela (Nara), mas os outros empregos e agenda dela aparentemente não batem, mas eu vou sentar para conversar melhor com ela”, disse o presidente. 

A previsão é que esse ano diferente do ano passado seja realizado o Campeonato Piauiense, provavelmente no mês de outubro e a Copa Batom, organizada pela SEMEL (Secretária Municipal de Esportes e Lazer). A Copa do Nordeste Feminina segundo o presidente é apenas boato, mas caso aconteça existe intenção de participar.

“Essas competições locais são muito importantes, pois o Piauí é carente e dificulta até para a gente na hora de montar time, realizar um jogo treino ou algo do tipo, pois o nível é muito abaixo. No Piauiense ou mesmo Copa Batom aparecem alguns bons clubes e podemos encontrar uma ou outra atleta interessante”, acrescentou Coronel Canuto. 

O Tiradentes saiu do Brasileiro Série A2 no último final de semana. Apenas oito atletas ainda têm vínculos com o clube e por enquanto a diretoria aguarda essa definição de datas das competições para seguir com o planejamento 2021. 

 


Pâmella Maranhão
[email protected]

 

Imprimir