Cidadeverde.com
Geral

Internet: canais de avaliações gastronômicas estão em alta na pandemia

Imprimir

Crédito: Ascom


Com uma pegada bem humorada, os cariocas caçadores - Paulo Fragoso e Juliana Venâncio estão em busca de restaurantes, para mostrar todo conteúdo, desde a qualidade e a apresentação do prato seja ele no restaurante ou até mesmo no delivery. 

Com o objetivo de levar o seguidor a uma experiencia gastronômica através da internet: “Mesmo o seguidor não estando dentro do restaurante ele vai ter uma real noção de como é a apresentação, como são os talheres os copos e vamos tentar traduzir como é a comida para que ele sinta algo diferente ao assistir nosso conteúdo”, explica Juliana. 

O Canal dos Caçadores começou com a ideia em que os dois protagonistas do canal fizeram em uma viagem aos EUA: "Estávamos em uma viagem de férias pela Califórnia, Nevada e Arizona e comíamos hambúrgueres todo dia. Numa parte da viagem, viajávamos de Las Vegas para Yosemite, passando pelo Vale da Morte (parque nacional). Em um momento dessa viagem, a estrada passou por uma tempestade de areia. Juliana comentou que estava parecendo aqueles programas de TV de caçadores de tornados. Paulo disse que na verdade estávamos mais para Caçadores de Hambúrgueres e foi aí que o nome surgiu”, completa Paulo. 

Com todo esse sucesso, o YouTube conta com mais de 1 milhão de inscritos com mais de 60 milhões de impressões mensais com 6 milhões de visualizações e no Instagram são 106 milhões de impressões mensais com 400 mil contas atingidas.

Na pandemia, o canal tem feito análise dos restaurantes via delivery e drive trhu do Rio de Janeiro e os dois de forma criativa e divertida mostram cada detalhe das embalagens a apresentação dos pratos tudo mesmo. 

Juliana é publicitária e piloto de helicóptero e editora do canal, e Paulo também piloto, mecânico de aeronaves e administrador do canal e se dividem na produção do conteúdo e nos cuidados aos gêmeos Erick e Henrique que vez ou outra aparecem nos vídeos abrilhantando ainda mais o canal.  


Da Redação
[email protected]

Imprimir