Cidadeverde.com
Últimas

Analista da ATI morre em acidente com moto aquática no rio Parnaíba

Imprimir

Foto: Reprodução Facebook André Henry

O analista de sistemas da Agência de Tecnologia da Informação (ATI) do governo do Estado, André Henry Ibiapina e Silva, de 37 anos, morreu neste sábado (03) em Teresina, vítima de um acidente aquático no rio Parnaíba.

André teria iniciado sua navegação no pier do Iate Clube de Teresina, na zona norte, em direção ao bairro Angelim, na zona Sul e ao retornar já teria saído escurecendo, o que dificultou a visibilidade e teria batido em um banco de areia. 

“Ele guarda o jet ski no Iate onde é sócio. Foi para o rio e ficou em uma das coroas que o pessoal se reúne. Geralmente a turma volta por volta das 5h, 5h30, antes de anoitecer, mas ele se atrasou um pouco e acabou voltando sozinho anoitecendo e não dá para enxergar, porque às vezes a lâmina de água em cima de um banco de areia é muito fina e ele deve ter batido em um e ‘voado’, quebrando o pescoço”, informou um navegante ao Cidadeverde.com, que não quis ser identificado. 

O navegante disse ainda que André era muito organizado e tinha habilitação para moto aquática. “Ele primeiro tirou habilitação de embarcação antes de comprar o jet ski. Era muito organizado. Mas a orientação e proibição da Marinha é não andar a noite, porque é muito arriscado”, destacou. 

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e liberado durante a madrugada. 

O velório acontece neste domingo na Pax União. O enterro está previsto para as 16h no cemitério São Judas Tadeu, no bairro São Cristóvão, zona Leste de Teresina. André deixa esposa e dois filhos. 

A ATI divulgou uma nota de pesar pelo falecimento do servidor onde lamenta o ocorrido e destaca que "André sempre foi muito dedicado e solícito ao trabalho" e a que "deixa exemplo de profissionalismo, competência e humildade". "Representa uma grande perda para o serviço público".

 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

 

Imprimir