Cidadeverde.com
Esporte

Com Renato Gaúcho de olho, Flamengo vence a Chapecoense, de virada, no Maracanã

Imprimir

Sob os olhares de Renato Gaúcho, o Flamengo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro na noite deste domingo, quando passou pela Chapecoense, de virada, por 2 a 1, no Maracanã, pela 11ª rodada. Os gols da partida foram marcados por Perotti, Arrascaeta e Michael, todos no segundo tempo.

Fonte: Alexandre Vidal - Flamengo

Anunciado como substituto de Rogério Ceni no sábado à tarde, Renato Gaúcho esteve em um dos camarotes do Maracanã acompanhando a partida.

Ao seu lado estiveram o presidente Rodolfo Landim, o executivo Marcos Braz e outros membros da diretoria. O time foi dirigido pelo interino Maurício Souza.

O resultado positivo encerra uma sequência de dois jogos sem vitória do Flamengo no Brasileirão. Agora o rubro-negro chegou aos 15 pontos e assumiu a nona colocação, mesmo com dois jogos a menos 9 a 11.

A Chapecoense, por sua vez, segue sem vencer e aparece em penúltimo lugar com apenas quatro pontos.

Como esperado, o Flamengo teve maior posse de bola e ficou mais tempo no campo ofensivo diante da Chapecoense. Contudo, mais uma vez o time carioca não conseguiu traduzir isso em imposições e chances claras de gol, facilitando o trabalho da defesa mais vazada do Brasileirão.

A Chapecoense, cautelosa, apostou nos contra-ataques e em lances isolados para surpreender no Maracanã. E isso quase aconteceu aos 30 minutos, quando Anselmo Ramon tocou para Fabinho, que ficou cara a cara com Diego Alves. O atacante finalizou, mas o camisa 1 fez linda defesa.

Para não dizer que o Flamengo não tentou, aos 33 minutos a defesa da Chapecoense falhou na entrada da área e o volante Thiago Maia, com a perna esquerda, finalizou por cima do travessão do goleiro João Paulo. Everton Ribeiro também finalizou aos 35, mas também sem direção à meta adversária.

No segundo tempo, mesmo sem a intensidade que o torcedor espera ver, o time carioca melhorou e esteve mais próximo de marcar. Aos 13, Everton Ribeiro foi até a linha de fundo, cruzou e Pedro cabeceou para ótima defesa de João Paulo.

Só que foi a Chapecoense quem abriu o placar. Aos 21 minutos, Busanello cobrou falta de longe, Diego Alves não conseguiu segurar e Perotti, que estava a apenas quatro minutos em campo, apenas empurrou para as redes. Lance em que o goleiro flamenguista subestimou a cobrança adversária.

O gol despertou o Flamengo, que foi para o tudo ou nada e conseguiu a virada em quatro minutos. Aos 32, Pedro errou o domínio da bola, mas Arrascaeta pegou a sobra e finalizou no canto esquerdo. 

Pegou o goleiro no contrapé para empatar. Depois, aos 36 minutos, Michael invadiu a área, passou por três marcadores, pelo goleiro e fez um golaço, dando números finais no Maracanã.

O Flamengo agora muda o foco para a Copa Libertadores, já que na quarta-feira irá à Argentina enfrentar o Defensa y Justicia, pelo confronto de ida das oitavas de final. Será o primeiro jogo sob o comando de Renato Gaúcho. 

Pelo Brasileirão, o Flamengo jogará no domingo, dia 18, quando visitará o Bahia, às 18h15, em Pituaçu, em Salvador (BA). Já a Chapecoense, no mesmo dia, mas às 11 horas, receberá o Cuiabá, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir