Cidadeverde.com
Esporte

São Paulo recorre à Cotia para conter crise antes de Libertadores

Imprimir

Após um início ruim no Campeonato Brasileiro, o São Paulo pôde contar com o protagonismo de jogadores formados em Cotia para emendar duas vitórias e apaziguar os ânimos para o duelo com o Racing (ARG) às 21h30 desta terça-feira (13), pelas oitavas de final da Libertadores.

Igor Gomes fez um golaço na vitória sobre o Internacional, a primeira do São Paulo no Brasileiro, e Igor Liziero garantiu os três pontos contra o Bahia no sábado (10) ao marcar gol de cabeça nos acréscimos.

O técnico Hernán Crespo já demonstrou que vai utilizar a base em outras ocasiões e que vê potencial nos atletas.

"O elenco tem a minha confiança para tentar, e acredito neles. Temos jovens que podem se tornar grandes jogadores", afirmou após a vitória sobre o Bahia. Na partida, Talles, outro egresso da base tricolor, atuou pela primeira vez como titular, e Marquinhos, de 18 anos, estreou pela equipe profissional.

No compromisso mais recente, contra os baianos, Liziero observou que o time do Morumbi começou a partida com um meio montado apenas com atletas revelados pelo São Paulo: ele próprio, Gabriel Sara e Talles. Para o camisa 14, é um ciclo natural a utilização das pratas da casa.

"Quando subi, já tinham jogadores da base que estavam no profissional e nos ajudavam, e hoje temos este papel. A gente sabe que a base tem muita qualidade para formar atletas, ideia de jogo", afirmou. 

"Quando o garoto vai jogar e tem moleque da base no time, deixa mais a vontade. Se sente mais em casa, mais tranquilo para jogar. A gente passa essa confiança sempre", completou.

De volta à Libertadores, agora na fase de mata-mata, o São Paulo precisará novamente recorrer aos atletas formados em suas categorias de base, já que outros jogadores mais badalados ou veteranos irão desfalcar o time de Crespo.

O zagueiro Miranda, o meia-atacante Emiliano Rigoni e o atacante Luciano seguem entregues ao departamento médico. Bruno Alves, outro nome da zaga tricolor, estará suspenso por acúmulo de cartões amarelos, e Daniel Alves será baixa por já se preparar com a seleção olímpica para os Jogos de Tóquio.

A zaga, o meio-campo e o ataque precisarão contar, portanto, com nomes da base. Assim, o São Paulo deverá ter em campo a seguinte formação: Tiago Volpi; Diego Costa, Arboleda e Léo; Igor Vinicius, Luan, Liziero, Benítez e Reinaldo; João Rojas (Gabriel Sara) e Eder.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir