Cidadeverde.com
Geral

Réu é condenado a 36 anos por estupro e morte de mulher em Nazária

Imprimir

Foto: Reprodução Facebook

A juíza Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal de Teresina, condenou o réu Thalison Francisco Araújo a 36 anos de reclusão por matar e estuprar Laisse da Silva Carvalho, morta com cortes profundos no pescoço, no município de Nazária (a 30 km de Teresina).

O crime aconteceu no dia 19 de setembro de 2019, no povoado Secretaria. Ele entrou na casa da vítima, que estava sozinha com o filho de dois anos, roubou seu celular da vítima e a estuprou, ela ainda tentou se defender, mas foi golpeada no pescoço, levando ao óbito.

O corpo da vítima foi encontrado dentro de casa, no outro dia pela manhã. O filho estava próximo e presenciou o crime.
 
O réu foi preso pela Polícia Militar em uma parada de ônibus na PI-130, na manhã seguinte e negou o crime, apesar de estar com o celular da vítima, mas provas periciais comprovaram de que o material genético, encontrado no corpo da vítima, era do réu. A denúncia foi recebida no dia 09 de janeiro de 2020.

A magistrada aceitou a tese condenatória do Ministério Público, que ofereceu denúncia contra Thalison Francisco pelas práticas delituosas de roubo seguido de morte e estupro com resultado morte.
 
O acusado deverá cumprir a pena inicialmente em regime fechado e não poderá recorrer da sentença em liberdade. A sentença condenatória foi publicada na última segunda-feira (12/07).


Juíza Junia Fialho da 4ª Vara Criminal

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir