Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo bate Confiança na estreia de Enderson Moreira e quebra jejum de vitórias

Imprimir

Na estreia do técnico Enderson Moreira, substituto de Marcelo Chamusca, o Botafogo quebrou um jejum de cinco jogos sem vencer e bateu o Confiança por 1 a 0, neste sábado, na Arena Batistão, em Aracaju, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Romildo fez o gol da vitória no final do primeiro tempo. Independente do futebol pouco vistoso, o Botafogo ficou com 16 pontos e ainda em uma posição intermediária.

O Confiança, que não vence há oito jogos, está em crise, já que agora é o lanterna (20.º colocado) com apenas 10 pontos. O técnico Rodrigo Santana está com seu cargo ameaçado.

O jogo começou bem igual, com os dois times se estudando. O Botafogo tentou ter mais volume de jogo, porém, rapidamente o Confiança passou a ter mais posse de bola e apertar a defesa carioca. O jogo, porém, foi bem ao estilo da divisão, de muito esforço e pouca inspiração.

A melhor chance do Confiança saiu aos 29 minutos, quando Daniel Penha, numa cobrança de falta, soltou a bomba de longe e o goleiro Diego Loureiro saltou para espalmar.

O Botafogo respondeu aos 36, após um cruzamento vindo do lado direito e que pegou sozinho, do outro lado, Diego Gonçalves. Ele subiu sozinho, testou, porém, para fora.

Este lance confirmou o retrospecto do time carioca ter maior número de chances no ataque, mas sem o melhor aproveitamento nas finalizações. O volante Romildo teimou em contrariar os erros e abriu o placar aos 45 minutos. Ele pegou o rebote na frente da área e chutou bem. A bola entrou no canto direito do goleiro Rafael Santos.

No segundo tempo, o Confiança adiantou a marcação, enquanto o Botafogo ficou bem recuado. Aos 15 minutos, Enderson Moreira reclamou da arbitragem e foi expulso, deixando o time órfão em campo.

À beira do gramado ficou o auxiliar Luiz Fernando, com um fone no ouvido para ouvir as instruções do técnico nas arquibancadas. A melhor chance do time sergipano apareceu no minuto seguinte, quando Ítalo chutou bem e Diego Loureiro rebateu. Depois a bola sobrou livre para Rafael Vila que mandou para fora. 

Com o susto, o Botafogo passou a priorizar a marcação. Quando já segurava o resultado sofreu uma baixa aos 33 minutos: Warley cometeu falta e recebeu o cartão vermelho porque antes tinha recebido o amarelo.

Nos últimos minutos, a bola ficou praticamente nos pés dos alagoanos que até tentaram, mas não conseguiram evitar a derrota A chance final surgiu aos 49 minutos, em uma bomba de falta de Daniel Penha que Diego Loureiro espalmou.

Pela 15.ª rodada, o Botafogo volta a campo já nesta terça-feira diante do CSA, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, em jogo atrasado. No sábado fará o clássico contra o Vasco. O Confiança vai enfrentar o Brusque, também no sábado, em Santa Catarina.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir