Cidadeverde.com
Últimas

Atleta dos saltos ornamentais, Piauiense Kawan narra ansiedade por estreia nas olímpiadas

Imprimir

Foto: Miriam Jeske/COB

O saltador Kawan Pereira, de 19 anos, natural de Parnaíba, no Litoral do Piauí, é um dos poucos nomes piauienses dentro das olímpiadas de Tóquio. Kawan mora em Brasília algum tempo por conta do seu atual clube e essa será sua primeira participação em Jogos Olímpicos. Atleta dos saltos ornamentais por conta dos dois últimos anos em especial é visto como uma das grandes revelações da modalidade no país. No Japão, irá competir a prova na plataforma de 10m. 

“É tudo muito novo para mim. Estou muito feliz e acho que vou trazer um bom resultado. Busco a final olímpica”, disse Kawan ao site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). 

Kawan esteve nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, em 2019 e em Tóquio 2021 ele está anotando sua primeira participação em Jogos Olímpicos. No Peru, conquistou a medalha de bronze ao lado de Isaac Souza na plataforma sincronizada.

Na vila olímpica o saltador tem aproveitado para acompanhar de perto do desempenho dos seus ídolos na modalidade e assim ir se inspirando para o dia da sua prova. “É algo realmente surpreendente. Que prova, me arrepiei todo. Eles eram favoritos, mas ver de perto é incrível”, narrou o atleta através das redes sociais. 

É a primeira vez que o Brasil conta com quatro atletas nos saltos ornamentais nos Jogos Olímpicos. O piauiense Kawan Pereira quanto o colega de prova Isaac Souza (plataforma 10m) e Luana Lira (trampolim de 3m) são estreantes. Ingrid Oliveira (plataforma 10m) disputa sua segunda edição do evento esportivo, pois esteve nos Jogos do Rio-16. 

A prova dos saltos ornamentais na plataforma de 10 metros acontece no dia 6 de agosto com a fase eliminatória que acontecem às 15h no Japão (3h da manhã horário de Brasília) e conseguindo avançar até as finais acontece no dia seguinte, dia 7 de agosto. 

 

 

Pâmella Maranhão 
[email protected]

Imprimir