Cidadeverde.com
Últimas

Freelancers: Descubra como negociar propostas com seus clientes

Imprimir

Foto: Pexels

Muitos freelancers acabam perdendo excelentes oportunidades por não saber como negociar propostas com seus clientes.

Saber conversar com o cliente de uma forma clara e objetiva e propor um valor pelo trabalho não é tão simples assim! Requer conhecimentos e habilidades.

Na verdade, saber negociar não deixa de ser uma arte, que todo freelancer deveria aprender a dominar, pois faz parte do dia a dia do freelancer.

Foi exatamente por isso que preparamos esse artigo, para que você entenda todo o passo a passo, desde antes de começar a negociar até o fechamento da venda propriamente dita!

Qual é a importância do planejamento na negociação?

Esse é um dos erros frequentemente cometidos por alguns freelancers, que é não se planejar.

Ao longo de uma negociação, provavelmente seu cliente vai fazer perguntas e se você não estiver preparado, corre o risco do cliente nem querer continuar.

Por isso, antes mesmo de começar a conversar com seu cliente, tenha muito claro o que pode abrir mão, até onde pode ir e quando não vale a pena prosseguir com a negociação.

Além disso, existem outros fatores que você também precisa considerar, por exemplo, quanto vai cobrar e como será feito esse cálculo.

Enquanto alguns redatores cobram de acordo com o valor da palavra, outros preferem calcular o valor de um artigo com base nas horas trabalhadas.

Se você optar por cobrar de acordo com as horas trabalhadas, a dica é cronometrar o tempo que demora para concluir um texto, além de ter ideia de quanto vale seu trabalho.

O ideal é ter todas essas questões bem definidas antes de começar a negociar com seu cliente, principalmente porque passa mais segurança.

O que fazer durante uma negociação?

Com o dia a dia, o freelancer consegue observar os detalhes e a importância do diálogo, até mesmo identificar até quanto o cliente está disposto a pagar.

Com base nisso, o profissional é capaz de definir qual concessão pode fazer, no entanto, um ponto é crucial: procurar entender quais as necessidades do seu cliente.
Para isso, preste bastante atenção ao que ele está falando, porque assim, você consegue obter informações valiosas.

Mais um detalhe: nunca diga qual é o valor do serviço antes de dialogar e ouvir seu cliente. Caso contrário, você poderá ter dificuldades na hora de negociar.

Por exemplo, se o seu preço for muito mais barato do que outros profissionais estão cobrando, é bem provável que isso gere uma certa desconfiança e até mesmo ponha em xeque seu trabalho.

Por outro lado, se cobrar um valor muito acima, dependendo do cliente, pode até se afastar. Por isso que é muito importante mostrar quais são seus diferenciais para estar cobrando mais caro.

Uma outra situação que pode acontecer é quando o cliente já tem o pensamento de barganhar o valor, e muitas vezes, acaba desvalorizando o seu trabalho.

Nesse momento, mostre a importância de um texto bem redigido e se ele nem quiser ouvir, é melhor nem seguir em frente.

Por fim, negociar com clientes que não entendem nada sobre o assunto e cabe a você explicar as vantagens de investir em um conteúdo de qualidade, quais os resultados que ele poderá alcançar...

Agora que você já entendeu o que fazer antes e durante uma negociação, veja como otimizar suas estratégias de vendas.

Estratégias para otimizar suas técnicas de venda
Saber negociar é uma arte, e não são todos os freelancers que sabem conduzir uma negociação para os resultados que desejam.

Portanto, separamos aqui algumas estratégias para otimizar suas técnicas de venda e assim, alcançar o seu objetivo, que é alguém te contratar.

Monte um portfólio
Ter um portfólio para apresentar aos seus clientes se traduz em uma maior chance de fechar a proposta.

É bem possível que um cliente já tenha perguntado a você se possui um portfólio dos seus trabalhos.

Então, a dica é criar um portfólio online e dessa forma, basta enviar um link para seu cliente conhecer mais sobre você e seu trabalho. Mas faça isso antes de negociar. 

Pense no portfólio como um cartão de visitas, mas muito mais elaborado, e se for realmente interessante, o cliente nem vai pensar duas vezes e fechar com você.

Transmita segurança e autoconfiança
A sua postura pode fazer toda diferença, e ter autoconfiança que você é um excelente profissional é a chave.

Quando você confia no seu trabalho e sabe que é um dos melhores freelancers, o seu cliente percebe isso. Inclusive percebe quando você está desesperado para fechar um serviço.

É importante também reunir o máximo de informações possível, pois isso mostra que você é preparado.

Compartilhe informações
É normal ficar com um certo receio ao fechar um negócio, não importa qual seja, especialmente se é a primeira vez que a pessoa está tendo contato com você.

Quando falamos em compartilhar informações é para oferecer um conteúdo relevante para que seu cliente conheça mais sobre o seu trabalho.

Vale a pena perguntar por onde ele prefere receber, se é por e-mail, WhatsApp GB, enfim, o que importa é que forneça a ele algo útil.

Proponha o preço
O ideal é você propor o primeiro preço, porém, defina um parâmetro, sempre pensando no valor limite que pode chegar.

Isso é o que vai permitir a negociação, por isso, não coloque o preço lá embaixo para que não fique sem margem de negociação.

Se você tem total confiança no seu trabalho e sabe que vai resolver o problema do seu cliente, proponha o preço justo que seu cliente nem vai querer barganhar.

Faça contrapropostas
O objetivo aqui é fechar uma negociação que seja boa para ambas as partes, mas uma dica é permitir que o cliente tenha a sensação que fez um ótimo negócio.

E quando um cliente fica satisfeito, as chances dele voltar a te procurar ou te indicar para outras pessoas só aumentam.

Portanto, ao longo da negociação, procure manter uma margem de segurança, e assim, consegue chegar no valor que deseja.

Esteja preparado para as objeções
Se deparar com objeções faz parte de qualquer processo de negociação, mas quanto melhor preparado você estiver, vai saber lidar com todas elas.

Além disso, aproveite os questionamentos e até mesmo críticas do cliente como uma maneira de entender mais como ele pensa e qual é sua real necessidade.

Dessa forma, você pode apresentar os argumentos certos para convencê-lo do contrário.

Vale a pena ficar por dentro das objeções mais frequentes para que possa usá-las ao seu favor.

Então, com as dicas passadas aqui, é possível otimizar suas técnicas de venda, desde definindo um planejamento, saber como dialogar com o cliente, até estar preparado para as objeções que possam surgir.

O mais importante aqui é transmitir a imagem de um profissional qualificado e autoconfiante, que é a garantia do fechamento de vários projetos.

Da Redação
[email protected]

Tags: Freelancers
Imprimir