Cidadeverde.com
Últimas

Ouro olímpico de Sarah completa 9 anos: “Desde Londres tenho dois aniversários”

Imprimir

28 de julho de 2012, uma data que cravou uma virada de chave para esporte do Piauí, graças a judoca Sarah Menezes, que neste dia nos tatames dos Jogos Olímpicos de Londres conquistou a única medalha de ouro para o estado e primeira medalha olímpica do judô brasileiro. Nesta quarta-feira (28) completam nove anos dessa conquista e muita coisa aconteceu na vida da judoca piauiense e agora como expectadora ela relembra esse dia e acompanha de longe seus companheiros de tatame que estão nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.
 
“Desde da aquele ano (2012) eu tenho dois aniversários, dia 26 de março que é minha data de nascimento e dia 28 de julho que sempre vai ser uma data inesquecível, que só trás alegria até porque foi a conquista de sonho então sem dúvidas é uma data que está marcada na minha vida para sempre”, contou a judoca campeã olímpica Sarah Menezes. 

Foto: TV Cidade Verde

Sarah Menezes conquistou o ouro olímpico em 2012, na época com 22 anos. Dedicou sua vida inteira ao judô, modalidade que começou a praticar aos nove anos de idade aqui na capital Teresina e esteve em três ciclos olímpicos – Pequin-08, Londres-12 e Rio-16. Agora ela vive a experiencia de assistir e acompanhar de longe os Jogos Olímpicos. 

“Eu estou tendo uma experiencia maravilhosa como comentarista, acompanhando as lutas que é um lado que eu sempre gostei, comentando e as vezes até conversando com alguns deles, pois vamos nos comunicando pelas redes sociais”, acrescentou a judoca Sarah Menezes. 

O maior trabalho atual e principal mudança da vida de Sarah veio após o nascimento da pequena Nina, com apenas dois meses, junto ao também judoca o francês Loic Pietri. “Eu sempre tive o instinto de mãe, sempre tive vontade de ser mãe e hoje eu estou realizando esse meu segundo sonho e eu estou muito feliz, é emocionante ter um filho, participar do dia a dia em si, pois cada dia vamos aprendendo muito com a Nina e feliz por ela ter vindo e estar comigo aqui nesse momento”, declarou Sarah. 

Foto: TV Cidade Verde

Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm a ginasta americana Simone Biles como grande favorita e super estrela, porém nos últimos dias Biles deu declarações fortes sobre o nível de peso que carrega junto a todos esses rótulos e expectativas em torno do seu desempenho. Sarah Menezes sabe muito bem o que é viver tudo isso e deu relatos de momentos em seus 20 anos de dedicação ao esporte em que quis desistir. 

“Isso é fenomenal. Eu digo sempre que tem que treinar, ter a preparação física, mas a mente é o principal porque através da nossa mente é que a gente consegue realizar as coisas, ter a coragem, ter as atitudes e se você não trabalhar o psicológico você pode ser forte fisicamente, psicologicamente, mas se não for forte na cabeça não vai conseguir chegar. Eu quando estava mais jovem com 16 anos pensei em desistir, eu sai do treino e cheguei para o Expedito (Falcão – técnico) dizendo ‘eu não quero isso para minha vida’ e eu estava no inicio da minha carreira, olha a situação, imagine você chegar nos jogos olímpicos e passar por isso”, narrou a judoca campeã em Londres-12. 

“Eu sei o que ela está passando, pois passei por isso sem ser campeã olímpica. No judô por exemplo mudou muito, pois o pack nas costas de quem é ouro olímpico é dourada, ou seja, somos olhados diferentes e isso pesa muito”, fechou a medalhista de ouro. 

 

 


Pâmella Maranhão 
[email protected] 

Imprimir