Cidadeverde.com
Geral

Paes anuncia reabertura de estádios e boates no Rio a partir de setembro

Imprimir


Ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes (Agência Senado)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou nesta quinta-feira (29) um planejamento para retomada das atividades na capital fluminense. O plano prevê queda das medidas restritivas gradualmente até o dia 15 de novembro, data em que tudo será liberado, inclusive a obrigatoriedade do uso de máscaras.

O planejamento tem três datas-chave: 2 de setembro, 17 de outubro e 15 de novembro. Em cada uma delas, a cidade prevê o aumento de pessoas vacinadas.

Em 2 de setembro, espera-se 54% da população adulta completamente vacinada. No dia 17 de outubro, o Rio de Janeiro espera que os números subam para 65%. Na data derradeira, 15 de novembro, a previsão é de 90% da população adulta completamente vacinada.

A partir da primeira data, o Rio prevê a liberação de eventos abertos e de 50% de público nos estádios, casas de show e boates, com todos os presentes vacinados. Em ambos os casos, será exigido o uso de máscaras e álcool em geral.

Na segunda data, 17 de outubro, estádios, boates e casas de show poderão funcionar com capacidade completa, mas todos os presentes deverão estar vacinados.
O dia 15 de novembro marca a queda da obrigatoriedade do uso de máscaras na cidade do Rio de Janeiro, exceto em transporte público e hospitais. Paes planeja que não seja mais necessário também controlar a capacidade dos locais e o distanciamento entre pessoas.

O prefeito afirma que é um "otimista", e anuncia a reabertura para que os cariocas "se programem". Ainda assim, o prefeito admite a possibilidade de recuar caso haja aumento nos índices.
"O que anunciamos hoje depende da atitude de cada um. É fundamental que as pessoas continuem se vacinando e as vacinas continuem chegando", afirma.


Fonte:Folhapress

Imprimir