Cidadeverde.com
Últimas

Medalhistas olímpicos piauienses analisam desempenho do Brasil em Tóquio

Imprimir

Os medalhistas olímpicos piauienses Sarah Menezes (Judô) e Cláudio Roberto (Atletismo) comemoram os últimos resultados conquistados pelo Brasil nas olímpiadas de Tóquio. Nessa quinta-feira, a judoca Mayra Aguiar, que levou o bronze no esporte, se tornou a primeira atleta mulher brasileira a conseguir três medalhas olímpicas em esportes individuais.

“A Mayra é uma atleta a ser batida, ela mereceria muito ser campeã olímpica, é uma atleta guerreira, dedicada. É um atleta que passou por muitas coisas negativas em termos de lesão, então eu vejo que ela é uma atleta muito importante na história do judô brasileiro, é a única mulher que conquistou três medalhas olímpicas”, ressalta Sarah Menezes.

O atletismo brasileiro, que conta com o piauiense João Henrique Falcão, também marca sua presença nas olimpíadas de Tóquio. O velocista é reserva da seleção e se for convocado, deve competir no 4x400m misto nesta manhã (30).  

“É sensacional o João Henrique Falcão está lá, mesmo como reserva, mas são seis atletas e o treinador que vai decidir quem vai correr, não tem aquele reserva titular. Tomara que o João Henrique tenha essa oportunidade, seja na eliminatório ou em uma provável final e a gente está torcendo muito por ele”, comenta o Cláudio Roberto.

O velocista olímpico, Cláudio Roberto ainda reforça o bom desempenho do atletismo nas olimpíadas e a grande chance de levar uma medalha de ouro.

“O Brasil tem chance sim de pegar a medalha, no mínimo ir a uma final e chegando em uma final tudo pode acontecer”, explica o velocista.

A judoca olímpica Sarah Menezes também acredita que todos os competidores tem chances de conquistar o pódio olímpico.

“Eu sempre digo que todo mundo tem possibilidade reais de está no pódio, basta acreditar, controlar o nervosismo, a ansiedade, que com certeza conseguirá um grande resultado”, ressalta Sarah Menezes.

Rebeca Lima 
[email protected]

Imprimir