Cidadeverde.com
Economia

TRT retoma atividades presenciais e registra movimento de pessoas

Imprimir

O Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT 22) retornou às atividades presenciais nesta segunda-feira (02) e algumas Varas já registraram atendimento presencial como em Picos e Piripiri. As audiências e sessões também estão autorizadas para acontecer presencialmente com advogados e as partes. Mas o atendimento online continua pelo Balcão Virtual e por aplicativo de mensagens. 

“O trabalho remoto fez com que o serviço público adiantasse o avanço tecnológico.  A gente há de convir que nem todo jurisdicionado tem acesso à internet e, ao mesmo tempo que a gente tem uma justiça digital, chamada de 4.0, nós temos um jurisdicionado lá do final da linha que não tem acesso. Por isso que o trabalho presencial precisa continuar”, disse Adriano Craveiro Neves, Juiz Auxiliar da Presidência.  

 

ste ano é a primeira vez que há atendimento presencial. De acordo com o TRT, a retomada, que ocorreu de forma tranquila e organizada, foi baseada nas condições sanitárias atuais do Estado, cujos dados estatísticos registram redução dos índices de casos da Covid-19 e avanço da campanha nacional de vacinação que, no Piauí, encontra-se na faixa etária com idade igual ou superior a 40 anos de idade.  

A fim de garantir a segurança de todos, foram adotadas algumas medidas como o uso obrigatório de máscara para ingresso e permanência nas dependências no Tribunal, bem como o uso de álcool em gel. O acesso foi precedido da medição de temperatura e foram fornecidos equipamentos de proteção contra a disseminação da Covid-19 a todos que prestam serviço presencial. “Foi uma retomada excelente, sem aglomerações e com entrada controlada. Os próprios servidores respeitaram o afastamento e mantiveram o distanciamento social”, explicou Humberto Ayres, Diretor-Geral do TRT 22.  

Além dos atendimentos presenciais às partes e aos advogados, algumas unidades do edifício-sede também estão autorizadas a receber o público externo. É o caso do restaurante, das agências bancárias, do memorial e da biblioteca.  

 

[email protected]

Imprimir