Cidadeverde.com
Política

Confira o voto dos deputados do Piauí na PEC do voto impresso

Imprimir


Fotos: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso na noite desta terça-feira (10). Foram 218 votos pelo arquivamento e apenas 229 votos favoráveis. 

Entre os 10 deputados federais, apenas três votaram a favor da proposta:


A favor

Júlio César(PSD)
Iracema Portela(Progressistas)
Marina Santos(Solidariedade)

Contra

Átila Lira(Progressistas)
Flávio Nogueira (PDT)
Margarete Coelho(Progressistas)
Merlong Solano(PT)
Fábio Abreu (PL)
Marcos Aurélio Sampaio(MDB)
Rejane Dias (PT)


Os três parlamentares piauienses que votaram a favor da PEC são da base aliada do presidente Jair Bolsonaro. Outros parlamentares do Piauí, também da base do governo federal, votaram contra a proposta,  como Margarete Coelho e Átila Lira. 

Como não foram atingidos os 308 votos necessários, a matéria foi arquivada após a primeira votação. 

A proposta

A PEC do voto impresso é uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro. A não aprovação da proposta representa uma derrota ao Palácio do Planalto. 

A proposta rejeitada, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), determinava a impressão de “cédulas físicas conferíveis pelo eleitor” independentemente do meio empregado para o registro dos votos em eleições, plebiscitos e referendos.

Após a votação, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), agradeceu aos deputados pelo comportamento democrático. “A democracia do Plenário desta Casa deu uma resposta a este assunto e, na Câmara, espero que este assunto esteja definitivamente enterrado”, afirmou.

A votação desta terça-feira é a terceira derrota do voto impresso na Câmara, já que o tema foi rejeitado em duas votações na comissão especial na semana passada.

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir