Cidadeverde.com
Política

"Precisamos de mais técnicos e menos graduados", diz ministro da Educação no Piauí

Imprimir

Foto: Yala Sena/ Cidadeverde.com

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou em Teresina que foi mal interpretado em pronunciamento em que afirmou que "a universidade era para poucos". Na Capital do Piauí, ele participa de encontro na Associação Piauiense de Municípios (APPM), neste sábado (14), que conta também com a presença do ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira. Oito técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) ouvem as demandas de prefeitos piauienses.

"Falei dentro de um contexto comparativamente com as escolas técnicas. Acho que o grande segredo do Brasil não é a universidade são as escolas técnicas. Precisamos de mais técnicos e menos graduados", disse Ribeiro completando que "o futuro são os institutos federais". 

Sobre a polêmica da não isenção na taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o ministro afirmou que 54% das pessoas beneficiadas, não compareceram às provas, o que causou prejuízo aos cofres públicos. 

"Este ano ano, muitos se inscreveram de graça e não foram e quando forem se inscrever de novo, sem justificativa, eu disse: aí não. Tenho que respeitar o seu bolso, o meu bolso e o dinheiro público", declarou o ministro. 

Em relação aos cortes nas universidades, Milton Ribeiro argumenta que o Governo Federal só usa o dinheiro que é arrecadado e houve redução na pandemia, uma vez que os lockdowns diminuíram a receita. 

Foto: Yala Sena/ Cidadeverde.com

Foto: Yala Sena/ Cidadeverde.com

Ministro faz oração

Durante a solenidade na APPM, o ministro da educação fez uma oração durante seu discurso. 


Flash Yala Sena
Redação Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir