Cidadeverde.com
Entretenimento

'Não quero mais engolir vocês', diz Vitão após ataques na internet

Imprimir

Daniel Pinheiro / AgNews

Festa da gravadora Universal Music com presença do cantor colombiano Sebastián Yatra (09/12/2019)

O cantor Vitão, 22, publicou nesta quinta-feira (19) um desabafo em seus Stories sobre as críticas e ataques que sofre desde que gravou a música "Flores" e assumiu o namoro com a cantora Luísa Sonza, 23. "Já me calei demais. Não quero mais engolir vocês", começou.

"Sinceramente, se você não gosta da minha música, não ouça. Se você não consegue conter seu comentário infeliz, pelo menos ouça a música e tente absorver algo... essa música que vou lançar hoje é justamente sobre você que quer me ver no fundo do poço", continuou.

O artista lançou, também nesta quinta-feira, sua nova música "Takafaya". "Então tenta calar a p. da boca um pouquinho, parar de falar merda e absorver algo. Obrigado", completou o artista. Ele e Sonza ainda não se pronunciaram sobre os boatos de que teriam terminado o relacionamento.

Depois, ele agradece aos fãs que o apoiam e seguem sua carreira. "E obrigado a todos os meus fãs que vivem isso junto comigo e acreditam no meu sonho com a mesma intensidade que eu. Eu amo vocês demais."

Em maio deste ano, Sonza fez um desabafo em uma rede social, sobre os ataques que ela e Vitão vêm sofrendo, não apenas nas redes sociais, mas também em público. "Eu não quero e não vou ser o tipo de pessoa que expõe ninguém. Estou calada sofrendo muito, faz mais de um ano."

"Não está tudo bem e nem resolvido faz mais de um ano", continuou. "Eu e meu namorado somos atacados na rua com agressões verbais diariamente há mais de um ano", escreveu no Twitter. "Desenvolvi ataque de pânico. Minha família está sofrendo faz um ano, somos ameaçados de morte."

"Victor quando ainda tinha show drive-in foi agredido com latinha e com agressões verbais por nada, mas eu vou seguir sem expor ninguém, nem expor tanta coisa que me magoou, mesmo", continuou a artista.

"Que estejam (de novo) me atacando por algo que eu nem sei o que é, eu não vou revidar. Quem quiser resolver algo comigo, resolva conversando comigo e não com o Brasil inteiro. Aos meus fãs: não façam com os outros o que vocês viram fazendo comigo. Sejam melhores. Empatia e amor, por favor", disse.

A cantora afirma que os ataques começaram desde a separação dela com o humorista Whindersson Nunes, 26. O casamento dos dois chegou ao fim em 2020 e, desde então, Sonza foi acusada de ter provocado o fim da relação.

Também nesta segunda, a artista fez desabafos sobre a situação atual do Brasil e foi acusada novamente de ter traído o comediante. Ela respondeu: "Eu não trai ninguém. Nunca. Eu nunca nem sequer larguei alguém, para início de conversa."

Em um tuíte, Whindersson, pela primeira vez, negou que o fim do casamento tenha sido causado por Sonza e afirmou que não houve traição. "Opa, rapaziada, ok, vamos lá, eu que terminei e não foi por traição."

 

Fonte: Folhapress

Imprimir