Cidadeverde.com
Esporte

Presidente anuncia pagamento de dívida que poderia levar Cruzeiro à Série C

Imprimir

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, anunciou o pagamento da dívida que a Raposa tinha com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, e que poderia levar o clube à Série C do Campeonato Brasileiro.

A pendência estava relacionada à contratação do volante Denilson, ainda no ano de 2016, e que não havia sido quitada anteriormente.

O anúncio feito presidente celeste aconteceu na tarde desta sexta (20) por meio de uma rede social particular do dirigente.

"A dívida que nos causou a perda de 6 pontos no Brasileiro ano passado, que poderia render uma queda à série C agora, foi paga hoje. Quitamos com o Al Wahda de Abu Dahbi a dívida relativa ao atleta Denilson, contraída em gestões anteriores", publicou Rodrigues.

Como citado pelo presidente do Cruzeiro, o clube perdeu seis pontos na Série B do Brasileiro de 2020 por causa da pendência.

O fato atrapalhou os planos do time no começo da competição, já que nas três primeiras rodadas o time alcançou bons resultados, mas precisou pagar na tabela, também, pela punição imposta pela Fifa.

Denilson atuou no Cruzeiro por seis meses, jogou apenas cinco jogos, sendo dois como titular, e o Cruzeiro assumiu na época a responsabilidade de pagar 850 mil euros pelo empréstimo do jogador. Como o valor não foi pago, o clube dos Emirados Árabes passou a cobrar da Raposa na Fifa.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir