Cidadeverde.com
Últimas

Escola estadual cria projeto voltado à saúde mental no retorno das aulas presenciais

Imprimir

Foto:Ascom/Seduc

O Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Solange Sinimbu Viana Area Leão, localizado na zona sul de Teresina, está realizando o projeto Começar de Novo. A iniciativa tem como objetivo dar amparo e promover momentos de diálogo entre 396 alunos, 22 professores e doze funcionários da escola. Toda a comunidade escolar esteve envolvida nas atividades  durante as quais pôde falar sobre o que viveram e o que se espera do futuro, em meio a desafios impostos pela pandemia.

De acordo com a diretora, Ariadna Gonçalves Cavalcante, a ação surgiu a partir de uma ação existente, que abordava sobre a saúde mental dos estudantes e servidores durante a pandemia. “Este é um projeto de acolhida, nesse retorno presencial. Todos os professores passaram por uma oficina para poderem trabalhar em sala de aula com o aluno. Toda a comunidade escolar foi atendida, neste primeiro momento, em que o aluno, assim como o professor e o funcionário, fizeram uma reflexão sobre como eles estão vendo esse momento de pandemia”, explicou.

O projeto foi dividido em três etapas:  “Como eu vejo” – na qual, o aluno faz um desabafo sobre a realidade atual, as consequências dela sobre suas vidas, visão crítica dos acontecimentos; “Enquanto a tempestade não passa” – compartilhamento de sugestões para amenizar as inquietações decorrentes da Pandemia; e, por fim, “Esperando na janela” – onde são apresentadas as perspectivas futuras. A janela simboliza um horizonte a ser conquistado, o olhar para o futuro.

Durante as restrições mais profundas da pandemia, a escola adotou, até junho deste ano, aulas remotas pela manhã pela plataforma Google Meet (em tempo real) e à tarde, mantinha-se disponível, por meio do aplicativo WhatsApp. Ao longo de 2020, o Ceti fez quatro campanhas de busca ativa e, atualmente, realiza a terceira etapa da iniciativa, em 2021.

 
Da Redação
[email protected]

Imprimir