Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo bate o Coritiba e dorme no G4 da Série B

Imprimir

O Botafogo bateu Coritiba por 1 a 0, nesta sexta-feira (27), no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), e subiu para o G-4 da Série B. O gol único do confronto foi marcado por Rafael Navarro.

Com o resultado pela 21ª rodada, o time carioca vai à quarta posição, com 35 pontos, e dormirá na zona de acesso ao Brasileirão, mas ainda pode ser ultrapassado pelo Náutico, que pega o Vitória no domingo (29).

Os donos da casa permanecem na liderança, com 39 pontos. Porém, a depender do resultado de CRB x Cruzeiro também neste domingo, a equipe da capital do Paraná pode ser ultrapassada pelos alagoanos, que precisam de uma vitória por dois gols ou mais de diferença.

Na próxima rodada, o Coritiba visita o Londrina, no Estádio do Café, às 21h30 de quarta-feira (1º). Já o Glorioso vai a Belém para encarar o Remo, no Baenão, no sábado (4), às 16h30.

O JOGO

O primeiro tempo foi de bastante equilíbrio no Couto Pereira. Ambas as equipes se lançaram ao ataque, mas criaram poucas oportunidades claras de para abrir o placar. A grande chance foi do Botafogo, que chegou ao gol com cabeceio de Navarro, aos 37 minutos. 

O Coxa reagiu rápido e levou perigo com bom chute de Waguininho, mas Diego Loureiro fez ótima defesa e impediu o empate.

O atacante Chay, principal goleador do Glorioso na Série B, com oito gols, fez um cruzamento preciso e encontrou Rafael Navarro na cara do gol.

O camisa 99 se posicionou e cabeceou firme para abrir o placar e, agora com sete tentos, encostar no colega de time entre os artilheiros botafoguense no campeonato.

Embora o líder da competição precisasse reverter o placar na etapa final, os últimos 45 minutos foram menos movimentados que o primeiro tempo.

O time visitante soube segurar a vantagem e voltará para o Rio de Janeiro com três pontos valiosos.

O Botafogo começou a rodada como o quinto pior visitante da Série B, com uma vitória, quatro empates e cinco derrotas em dez jogos, ou sete pontos de 30 possíveis.

Apesar do prognóstico não ser positivo, os comandados de Enderson Moreira superaram não só o líder do campeonato como a fase ruim longe de seus domínios.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir