Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR e Sport empatam sem gols e aumentam sequência negativa no Brasileiro

Imprimir

Em jejum de vitórias, Athletico-PR e Sport se enfrentaram na noite deste domingo e só empataram por 0 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 19.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto/Divulgação: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

A partida marcou a estreia do técnico paraguaio Gustavo Florentín no time pernambucano.

Foi o sexto jogo sem vitória do Athletico-PR no campeonato. O ponto positivo é que o time voltou a pontuar após cinco derrotas consecutivas. O Athletico-PR é o oitavo colocado, agora com 24 pontos. 

Já o Sport chegou ao quinto jogo sem vencer, acumulando sequência de três empates e duas derrotas. A sua situação é extremamente complicada, porque ocupa apenas a 18ª colocação, com 17 pontos, dentro da zona de rebaixamento.

A partida começou bastante movimentada em Curitiba e com os dois times no campo ofensivo. Logo aos dois minutos, o estreante Pedro Rocha recebeu ótimo passe na área e finalizou por cima do gol do Sport, desperdiçando ótima chance de abrir o placar.

Mas o time pernambucano não se intimidou e respondeu na mesma moeda. Aos cinco, a zaga do Athletico-PR afastou mal e Tréllez finalizou forte, obrigando Bento a espalmar pela linha de fundo. No minuto seguinte o zagueiro Thiago Heleno tentou cortar bola e quase mandou contra o próprio gol.

Após o início bastante movimentado, o time da casa ficou com a posse de bola, mas teve muitas dificuldades de criar oportunidades. Tanto é que forçou bolas aéreas e facilitou a vida dos defensores do Sport, que levaram a melhor até o apito para o intervalo.

Assim como na etapa inicial, o segundo tempo começou bastante movimentado. Logo no primeiro minuto, Zé Welison arriscou de fora da área e quase acertou o canto do goleiro Bento. E o Athletico-PR quase fez aos oito, em contra-ataque que terminou com finalização perigosa de Pedro Rocha.

Mais efetivo no ataque, o Athletico-PR ficou com um homem a mais em campo aos 21 minutos, quando o experiente Hernanes recebeu o segundo cartão amarelo por reclamação e foi expulso.

Isso colaborou para os paranaenses ficarem ainda mais no ataque em busca do gol e consequentemente da vitória.

Mas o time paranaense não teve inspiração para encontrar os espaços na defesa do Sport, que se fechou ainda mais e apostou nos contra-ataques.

E o time pernambucano quase fez aos 48, em chute de Mikael que carimbou a trave de Bento, não conseguindo tirar o zero do placar.

O Athletico-PR volta a campo no sábado para enfrentar o América-MG, às 16 horas, no Independência, em Belo Horizonte (MG).

O Sport jogará apenas na segunda-feira, dia 13, quando receberá o Internacional, às 20 horas, na Ilha do Retiro, em Recife (PE).

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir