Cidadeverde.com
Esporte

Jogador do Goiás leva dois tiros após briga em boate, mas passa bem

Imprimir

O jogador Henrique Lordelo, de 21 anos, foi baleado duas vezes depois de presenciar uma briga em uma casa noturna de Goiânia ontem. Os tiros atingiram as costas e a região das nádegas, mas, de acordo com o clube, o atleta foi atendido no hospital e logo liberado.

Jogador Henrique Lordelo - Foto - Reprodução/ Goiás E.C.

O Goiás afirmou que Lordelo dava carona a um amigo que se dirigia à boate quando o grupo presenciou uma briga perto do estabelecimento.

O amigo do jogador teria tentado apartar a confusão, quando passou a ser perseguido por um homem armado. Segundo o clube, esse homem se dirigiu ao carro onde estava o meia e fez "cinco ou seis" disparos.

Outra pessoa também foi baleada, mas não corre perigo, informou a assessoria de imprensa do Goiás. O clube não soube dizer em qual delegacia o caso está sendo investigado.

Lordelo, que não vinha sendo aproveitado no time principal, se recupera do susto no centro de treinamento do clube, onde mora com outros atletas das categorias de base. Sua última partida pelo time foi em maio.

Nascido em Brasília, Lordelo chegou ao Goiás em 2019, vindo da base do Flamengo. Fez seu primeiro jogo como profissional no Brasileiro de 2020, mas perdeu espaço no elenco após o Campeonato Goiano de 2021.

Na Série B do Brasileiro, o Goiás enfrenta o CRB hoje em Maceió. O meia não foi relacionado para o jogo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir