Cidadeverde.com
Últimas

Após domínio no Brasil Internacional, 7 piauienses são convocados para Seleção

Imprimir

Foto: Roberta Aline


 
No último domingo (12) se encerrou em Teresina uma etapa do Internacional Series. Competição que aconteceu no ginásio de badminton da UFPI e reuniu atletas de seis países, e após quatro dias de competições teve domínio de piauienses no pódio. Passada a competição os atletas dão sequencia a temporada e na segunda-feira (13) foi divulgado a lista de atletas para a seleção fixa de badminton com sete piauienses – as irmãs Sania e Samia Lima, os irmãos Francielton e Fabrício Farias, Juliana Viana, Vinicius Santos e Jaqueline Lima, todos atletas da Joca Claudino. 

A competição que aconteceu em casa, mas distribuiu pontos no ranking internacional teve piauienses conquistando quatro das cinco medalhas de ouro possíveis. Destaque para Jaqueline Lima que conquistou dois ouros e uma medalha de prata – duplas femininas ao lado de Samia Lima, duplas mistas ao lado de Fabrício Farias e simples feminina a prata, perdeu para conterrânea Juliana Viana. Nas duplas masculinas o lugar mais alto do pódio ficou com os irmãos Francielton e Fabrício Farias.

O Brasil Internacional Series marcou o momento de retomada do calendário e foi a primeira competição valendo pontuação para o ciclo olímpico de Paris 2024 e distribuiu uma quantidade generosa de pontos aos campeões – 2.500 por categoria. 

Essa convocação é para a seleção fixa adulta de badminton comandada pelo técnico português Marco Vasconcelos que acompanhou os quatro dias de competição em Teresina de perto. Até agora não tem calendário de competições da seleção, apenas foram confirmados alguns campeonatos como Sul-Americano no mês de novembro, em Joinville e Campeonato Mundial previsto para o mês de dezembro, na Espanha, porém ambos por equipes. 

As competições com a seleção devem acontecer de acordo com o andamento da vacinação dos atletas – vacinação plena, pois existe restrição para entrada de brasileiros em vários países o que atrapalhou por exemplo a fase de treinamentos de alguns deles alguns meses atrás. 

Porém a intenção da confederação é participar de torneios junto com a seleção ainda este ano, pois o ciclo olímpico até Paris é de apenas três anos e por isso existe uma corrida contra o tempo, pois a intenção da seleção de badminton na próxima olimpíada é ter representantes em todas as categorias. 

 

 


Pâmella Maranhão 
[email protected]

 

Imprimir