Cidadeverde.com
Política

Fábio Abreu descarta fusão do PL com adesão de parlamentares

Imprimir

A fusão do PL com outro partido em busca de sobrevivência para 2022 está praticamente descartada. Quem garante é o deputado federal, Fábio Abreu. Segundo ele, as adesões que a legenda vem conseguindo vão possibilitar o partido enfrentar as urnas no ano que vem sozinho.

"Sempre afirmamos que o PL seria um partido consolidado em termos de candidaturas em 2022. Algumas possibilidades aventadas, mas eu sempre afirmava de qualquer forma nosso partido estaria no pleito de 2022", disse o parlamentar em entrevista à TV Cidade Verde.

Uma das adesões é a da deputada federal Marina Santos, que está deixando o Solidariedade. "Com a adesão de Marina e de outros nomes que vamos anunciar também em breve, isso vai se tornando cada vez mais consolidada a participação do PL no pleito, com possibilidades de reais de aumentar a sua bancada em nível federal e estadual. Temos nomes que vão fazer parte da bancada estadual em 2022", declarou.

A filiação de Marina ao partido está marcada para esta quarta-feira (15). "Vamos dar as boas-vindas para ela por volta do meio dia e já contar com mais um deputado federal para o PL no estado do Piauí e mais uma deputada para o PL em nível nacional. Tivemos a adesão de mais um deputado, o deputado Marco Feliciano que também se filiou ao PL. Estamos nesse trabalho de formação do nosso partido para as eleições de 2022", destacou.

Marina deixa o Solidariedade após rusgas com a direção estadual da sigla. 

Da Redação
[email protected]

Imprimir