Cidadeverde.com
Últimas

Reviravolta: José Santana e Flávio Júnior desistem de disputar eleição do TCE

Imprimir

Atualizada às 13h19

A votação encerrou às 13h18 no plenário da Alepi. Ao todo, 30 deputados votaram.

Atualizada às 11h35 

O deputado estadual Flávio Nogueira Júnior (PDT) também desistiu da disputa pela vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). A desistência foi oficializada pelo presidente da Assembleia Legislativa, Themistocles Filho (MDB), durante a abertura da sessão na manhã desta quinta-feira (16). 

Flávio Júnior afirma que com a desistência de José Santana (MDB) ele não tinha condições de ir para o segundo turno na disputa pela vaga no TCE. "Fizemos as contas e entendemos que não  chegaríamos ao segundo turno. Sem ir para o segundo turno não adianta colocar o nome", destacou.

Atualizada às 11h20

O deputado estadual, José Santana (MDB), anunciou na manhã de hoje (16) que retirou seu nome da disputa da vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que acontece neste momento. Após reuniões que entrou a madrugada, o parlamentar que também é secretário Estadual de Assistência Social, comunicou a desistência. Santana declarou voto para a deputada Flora Izabel (PT). Agora são nove candidatos no páreo. Os mais cotados para vencer essa queda de braço é Flora Izabel e Wilson Brandão. A eleição inicia às 11h no plenário da Assembleia Legislativa.  

Veja comunicado do deputado: 

Ser conselheiro do TCE é honraria e responsabilidade que pode ser postulada por piauienses que dignifiquem e qualifiquem os quadros daquele Tribunal de Contas. Fato pelo qual fui incentivado por companheiros da Assembleia Legislativa e de meu partido, o MDB, a colocar meu nome como candidato à vaga de conselheiro a ser definida em plenário, hoje,  através do voto da maioria. 
Percorrido o campo do diálogo e das ponderações, enebriado pelo sentimento de somar com um Piauí justo e pujante, em nome  de uma base governamental unida e assertiva, juntamente com o grupo de parlamentares que desde o início desta jornada esteve incentivando e fortalecendo esse ideal, decidimos pela descontinuidade de nossa candidatura. Salientamos a importância deste processo, mencionando que ao seu final, crescem as instituições,  e melhoram as perspectivas do real  Estado Democrático de Direito.

Zé Santana-Deputado Estadual MDB

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com 

A deputada Flora Izabel (PT) agradeceu o deputado José Santana pela desistência e disse esperar contar com os votos da bancada do MDB.

"Fiquei sabendo agora a pouco da desistência do deputado Santana. Agradeço essa decisão e espero contar com os votos da bancada do MDB. Cada deputado terá 10 minutos para fazer seu discurso. Vou aproveitar esse momento para pedir os os votos. Ficamos muito felizes com essa posição do deputado. Não arrisco falar em números, só quanmdo abrir as urnas vamos saber", disse Flora. 

O deputado Severo Eulálio (MDB) anunciou que não segue a decisão do MDB de apoiar Flora Izabel na eleição para a vaga de conselheiro do TCE. O deputado afirma que segue com a decisão inicial de votar no deputado Wilson Brandão (Progressistas).

Ao ser questionado se a decisão de Santana favorece Flora, Severo disse que só a urna poderá confirmar.

“Respeitamos a decisão do deputado Santana, mas não seguimos esse posicionamento. Já havíamos dado a nossa palavra ao deputado Wilson Brandão. Seguimos nesse mesmo entendimento. Acreditamos que ele é o mais preparado. Respeitamos o nome da deputada Flora, mas entendemos que Wilson é o mais preparado. Respeito a decisão do meu partido, mas não sigo”, disse.

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com 

Com a desistência de José Santana, os aliados de Flora Izabel afirmam que ela já tem 17 votos. A expectativa e que ela vença no primeiro turno. 

Os aliados afirmam que o governador Wellington Dias(PT) foi fundamental para o acordo.

O deputado Wilson Brandão chegou a Assembleia.Ele confirma a candidatura e diz não ter motivos para desistir. "Como ficaria minha imagem junto a sociedade. Como ficaria minha moral?", afirmou.

 

 

 

Atualizada às 9h

Foto: Ascom/Alepi

 

O Piauí vai conhecer nesta quinta-feira (16) o novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), cargo vitalício e relevante para a fiscalização e acompanhamento das políticas públicas do estado.

A disputa está acirrada e caminha para um segundo turno. Se ocorrer, a votação também será hoje. Dez candidatos disputam a vaga de conselheiro, que tem salário mensal de R$ 35 mil. 

Três nomes são os mais cotados para ganhar a eleição: Wilson Brandão, Flora Izabel e José Santana, deputados da base governista. As últimas horas são de articulações em busca de votos. 

Por volta das 11h, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (MDB) abre a sessão e faz a contagem dos parlamentares. Em seguida cada candidato terá 8 minutos para se apresentar e tentar conquistar o voto dos 30 deputados. 

Após a apresentação, os parlamentares poderão fazer perguntas aos candidatos. A votação será secreta e escolhida em cédula de papel. Cada pretendente à vaga poderá levar três convidados para acompanhar a sessão no Plenário da Casa. 

Para ser eleito, o candidato precisa alcançar maioria absoluta: 16 dos 30 votos. Caso nenhum dos candidatos atinja essa quantidade, será feito nova eleição com os dois mais votados e o vencedor será definido por maioria simples. Em caso de empate, o mais idoso será o escolhido.

Disputam a vaga do TCE:

Flávio Rodrigues Nogueira Júnior
Thiago Edirsandro Albuquerque Normando
José Ribamar Nolêto de Santana
Nayara Figueiredo de Negreiros
Roosevelt dos Santos Figueiredo
Ricardo Teixeira de Carvalho Júnior
Flora Izabel Nobre Rodrigues
Wilson Nunes Brandão
José de Jesus Cardoso da Cunha 
Flávio Teixeira de Abreu Júnior

Conheça os candidatos e a importância da eleição: 

 

Aguarde mais informações
 
Flash Yala Sena e Lídia Brito
[email protected]

Imprimir